Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Atualizado em 7/12: O <<juízo final>> no STF hoje Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não......

Receba novos posts por email!

28.11.16

Leitor da VEJA: "Tá vendo, petista? Lava Jato chegou no PSDB também!" Tsc tsc: nada disso, tolinho!

- Atualizado 28/11:
Tudo se confirmando! E você soube - beeeem - antes aqui!
Mais: a constrangedora entrevista de Temer.
E a cereja do bolo: a entrevista de Calero ao Fantástico (Globo).


Leitor da VEJA:

  • "Tá vendo, petista? Lava Jato chegou no PSDB também!"

  • Tsc tsc: nada disso, tolinho!


Por Romulus


Muita gente está, como dizem os gringos, comprando a "Veja" desta semana ~ pelo valor de capa ~ (buying at face value).

Fala sério, não é, minha gente?

Parece que esqueceram os 10 últimos anos da atuação da revista...

E - pior ainda - esqueceram também como tudo se passou nestes três últimos anos no Brasil <<da>> Lava a Jato.

Quantas delações já contamos de Aécio Neves até o momento?

Confesso que perdi a conta... parei (creio que) na sétima.

E aí?

Mudou alguma coisa?

- Nadica de nada.

Continua lépido e fagueiro por aí, aparecendo em entrevistas "quebra queixo" dia sim, outro também. Sem ser incomodado por jornalistas!

O PGR, Rodrigo Janot, e o Min. Gilmar, do STF, garantem que continue assim.

"Matam no peito" (apud Fux).

Tão confortável está Aécio, que continua dando declarações lapidares para consumo do cartel midiático:


*

"Chegou neles"

- A-ham…


Neles quem, cara pálida?

Como disse acima, entre haver uma "delação premiada" e o delatado ser...

- ... denunciado, processado, julgado e condenado, vai a distância entre a isolada Brasília e o restante do Brasil.

Vai também a distância do azul para o vermelho.

Ou seja: de ser filiado ao PSDB ou ao PT.




Estão me entendendo?

Pois então...

*

"Veja" pagando de "isentona"?





Por favor, né?

Voltemos ao "chegou neles"...

"Neles" quem?

Na capa vemos - apenas - Serra e Alckmin.

Curiosamente, ~ justamente ~ os dois caciques do PSDB que ~ não ~ saíram em defesa de Temer.

Hmmm...

Nem tampouco atacaram Calero - o cavalo de Tróia (ou seria "Calero de Tróia"?) do "golpe no golpe".

Hmmm… (2)



Hmmm… (3)

*

Aí o leitor afoito me responde:

- Mas a "Veja" também atacou Temer! Olha qual é a notícia principal da capa!

Calma...

Pergunto ao afoito:

- Tinha como não dar essa notícia?

E mais:

- Tinha como não ser capa?

Ora, foi o assunto da semana!

Só aqui no blog, fizemos (eu e os leitores) 4 (!) posts sobre Calero. E olha que começamos cedo:

- ~ ainda ~ no sábado passado... já no dia seguinte à sua exoneração do Ministério.

Alias...

<<com o nosso pioneirismo, o blog pautou - todos! - os sites da "blogosfera progressista" a partir da quinta-feira, 5 (!) dias depois>>

Nota:

- Mesmo que, num lapso, tenham esquecido - como aquele colunista de política do "Valor", aliás... - de dar a fonte.
- Acham que "ninguém nota"...
- Mal sabem que, não obstante este endereço novo, independente, ter apenas 2 (!) semanas de vida, a série de posts sobre Calero + anistia ao "caixa 2" já soma mais de 20 mil acessos.
- Tem gente lendo o blog até na... Eslováquia! (rs)


Obrigado!!

*

Mas, voltando à capa da "Veja" "atacando tucanos".

Como já ressaltamos acima, nem todos os tucanos foram atacados, não é mesmo?

Do primeiro time, faltaram ao menos FHC e Aécio.

Certamente porque nunca receberam "caixa 2" ou propina da Odebrecht, certo?


*

E o que isso mostra?

O que nós sempre soubemos, ora: há uma guerra intestina no PSDB.

A "Veja" sempre tendeu mais para a ala paulista, todos sabemos.

Mas…

Fidelidade não é exatamente a especialidade da família Civita, não é mesmo?

- Nem a de FHC (semi-paulista), né?

De que lado FHC está nessa disputa?

Quem sabe?

Talvez até no ~ dele ~ mesmo, uai!


calero4560.png

Screen Shot 2016-11-27 at 07.57.43.png


*

“Queria ser uma mosquinha…”

Mas não sou. E, diferentemente de colunistas do cartel midiático e blogueiros, não vivo de dar "notinhas" vazadas de fontes ~ interessadas ~ em Brasília.

Não...

Aqui somos bem mais democráticos:

  • Apenas refletimos (bastante…) - em conjunto, blog e leitores (crowdsourcing!) - sobre a conjuntura e os novos passos no jogo de xadrez do(s) golpe(s).

  • Fazemos isso tão somente a partir das notícias, a que todo mundo tem acesso.

Dessa forma, sugiro que comecemos uma nova rodada de trocas.

Para dar partida, republico parte da rodada anterior de brainstorming e mais material bruto novo:


- Quem é quem no CONSÓRCIO entre: “Casta Jurídica” do Estado (Judiciário/MP/Polícias) / cartel midiático ("cavalo", ou proxy, do...) / "Mercado" / e (por sua vez, o "cavalo" político do Consórcio, o...) PSDB.

+

- O fator EUA.



- Tirado o aspecto moralista, o que significa dar ou não dar anistia ao "Caixa 2" - não à propina! - do passado:

<<Significa arrebentar o garrote que o CONSÓRCIO tem hoje em volta do pescoço de ~ toda ~ a classe política brasileira>>

Do alfa ao ômega.

Do PCdoB ao DEM.

Todos os partidos?

Bem, não...

PSOL e Rede não...

Por quê?

Porque são puros?

Não...

Nada disso:

- Porque <<nunca>> disputaram eleição majoritária para valer.

Fácil fazer pregação farisaica contra "caixa 2" assim, não?


Contexto: a querida Vânia - sempre à minha esquerda na política - insiste que eu "não dei um furo de 'reportagem'" ao falar - desde o início da semana! - de "delação de Calero" + "anistia ao Caixa 2" como parte de um "golpe dentro do golpe".

Ela alega que já se fala há muito em "golpe dentro do golpe", no que está absolutamente correta.



- A PEC 55 no meio desse vendaval - tem tudo a ver!



*

Material novo:



Fala sério, pessoal!

<<Tenho ou não tenho os melhores leitores do mundo??>>

E olha que essa mini-sessão de brainstorm se deu sábado de manhãzinha - sim... não paramos nunca... - e, por isso, estava desfalcada, hein?

Obrigado!! (2)

*

E ontem de noite...



*

E qual a “prova do pudim” desta vez?

A mesma de sempre:

<<Ver o que a Globo quer!>>


Fala, Brizola:



Pessoal, olho na Globo nos próximos dias.

Sim... "argh!", eu sei...

Mas são ossos do ofício.

E, ademais, das últimas vezes nem precisamos nos supliciar sintonizando no canal…


E o que quero dizer com isso?

Ora, temos de observar a repercussão que a Globo, e o restante do consórcio, darão a essa "chicotadinha" da "Veja" em Serra e Alckmin.

Lembram de como era a tal da “repercussão” nos anos Lula/Dilma?

<<Denúncia na "Veja" = 30 min no Jornal Nacional da segunda-feira seguinte>>

Notem:

- A partir já do primeiro bloco! E não perdido lá pelo meio...

- E com chamadas sensacionalistas ao longo do dia. Bem como na abertura-resumo dos âncoras... sob som eletrizante do tema abertura...

- Sem esquecer do <<principal>>: William Bonner e s - c a n - d i n - d o cada palavra das acusações, para que até o seu "Homer Simpson" de estimação as assimile.

- E sem esquecer, tampouco, do <<detalhe>>... mínimo: a leitura de notinhas dos acusados ao final dos 30min. Mas em menos de 30... se-gun-dos.

Isso é fixação com o número 30, gente?

*

A "prova da calda" (acessória...) na "prova do pudim" (principal!)

Fora a Globo, observar o que mais nos proximos dias?

Primeiro - e antes mesmo de observar a Globo:

- Qual o tamanho da matéria da "Veja" sobre Serra e Alckmin?

- Qual a consistência das denúncias e do cabedal de provas ~ escolhidas ~ para serem publicadas (ou seja: "tornadas públicas")?

(sinto muito mas não serei eu a fazer esse exame... "Veja", não!)

- O polo Gilmar / Aécio / FHC / "Veja" continuará alinhado nos próximos dias?

E o que mais observar?

<<Que farão os demais membros do consórcio?>>

- A "Casta Jurídica" do Estado (Judiciário/MP/Polícias) continuará alimentando os "primos pobres" do cartel midiático (Folha, Estadão, O Globo, Veja, Istoé) com vazamentos contra Serra e Alckmin a conta-gotas, de forma a gerar manchetes diárias, num crescendo, para manter o interesse da turba?

- Haverá sinalização do PGR/STF a respeito de Serra e Alckmin, que têm foro privilegiado, dentro e fora do cartel midiático?

- A Globo repercutirá? Também fará seguimento diário das (novas?) denúncias, construindo telenovela judiciário-midiática?

- O "Mercado" vai dar a sua forcinha? Bolsa "desabando" - sim, com aspas porque é isso o que Bonner lerá (ou não) no teleprompter - e dólar "disparando" - idem?

*

Acessório do acessório... do acessório... do acessório...

- Que farão os "movimentos da $ociedade" (sic)? MBL, "Vem pra rua" e quetais?

- Que farão os blogueiros e <<jornal-(ob)-istas>> ligados à Veja (e já não mais ligados a ela)?

*

Pipoca e guaraná?

Vi muita gente boa se divertindo - merecidamente - com as escaramuças (ainda não é guerra civil, gente…) dentro do Consórcio do golpe.

Muitos diziam que iam "pegar pipoca" para assistir com gosto.

Atenção:

- Sim, podemos nos divertir... mas não sentados no sofá da sala, comendo pipoca.

Não...

Trata-se do momento e dos lances de <<rearranjo de forças>> dentro do consórcio, com vistas ao "golpe dentro do golpe" (ou não).

Portanto…

- … gritar "Fora, Temer!" deixou - e isso já há algum tempo... - de ser algo simples.

Temos de pensar antes:

- O que convém - ou melhor: o que é <<menos deletério>> - para a democracia, o Estado de direito (e garantias individuais) e para os direitos trabalhistas e sociais?

Lembrem que esses são os primeiros lances do conflito para o ano ~ que vem ~, quando a eleição de eventual sucessor de Temer, em condições normais (??) de temperatura e pressão, será feita indiretamente, pelo Congresso Nacional.

*

Candidatos

Para um governo tampão, eleito indiretamente, temos:

-  FHC.

Querendo fazer o seu retorno de (apenas) <<100 dias napoleônicos>> antes de (nova...) Waterloo deixá-lo novamente de quatro no chão...


(lembrando de novo...)


e...

- Aloysio Nunes.

Aloysio Nunes??

Pois sim!

E esse já tem até biografia ~ de horário eleitoral ~ pronta!

- Sabe aquela? Com fotos em preto e branco... situando o candidato em momentos históricos do país, sob um fundo musical triunfal?

Pois é: essa mesmo!

Prontinha para ser remasterizada e empacotada para divulgação na Globo.

De hora em hora!

Alô, Aloyisio!
(dica de um amigo que sabe tudo de guerras (rs))



*

Diretas Já!

Eu, de minha parte, entre o sujo e o mal lavado escolho...

- ... nenhum deles!

Já no dia 4/10, eu e minha parceira, Giselle Mathias (e outros), bradávamos:



Pois - justo no dia de hoje! - repetimos (com atualizações!) o brado:



*

Combinado?

Começamos nova rodada de brainstorming, leitores?

Com a generosidade de “ceder” nossas conclusões para a “blogosfera progressista” e para o cartel midiático?

- Já estou aqui a postos!




*


<<Atualização 19:15: tudo vai se confirmando!>>



E você soube - beeeeem - antes por aqui... (rs)




















E, de repente, um movimento esquisito do vazador no. 1 da Lava Jato:



- Esquisitice prontamente respondida:



E ele continua:



Constato: é "lentinho" mesmo... fala como se fossem questões ~ independentes ~ (!).

Não vê que é causa e efeito... não identifica causalidade nem na cara dele!!

Repito o que disse acima - e vale pro cartel midiático e para parte da "blogosfera progressista":




E comentamos por inbox:





<<E a cereja do bolo: jabuti não sobe em árvore!>>



E pelo Whatsapp o Aroeira me avisa:




E o meu amigo Ciro faz o diagnóstico aí embaixo, nos comentários:





Eu disse!

<<Melhores leitores do mundo!>>

*

Atualização 20:45: a ~ constrangedora ~ entrevista de Temer




(interlocutor fala Temer, não de Aloysio abaixo)







*

P.S.: e por falar em "leitores" e "mundo"...

Hoje a <<Eslováquia>> voltou pro top 10: em peso! rs




Pessoal, indentifiquem-se: vou estar em Bratislava e Praga daqui a 3 semanas!

*

Atualização 28/11: a entrevista de Calero ao Fantástico (Globo)




*   *   *



(i) Acompanhe-me aqui no blog: assine aí embaixo para receber novos posts por email!


*


(ii) No Facebook:



*


(iii) No Twitter:



*


(iv) E também no GGN, onde os posts são republicados:



*



Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como "uma esquerdista que sabe fazer conta". Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.









8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Para mim não havia golpe no golpe originalmente. Temer já está fazendo tudo que estava no roteiro. Agora é a impossibilidade de controlar o monstro libertado contra o PT...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Golpe no golpe é a resposta a inabilidade do PMDB de deixar de ser PMDB. A idéia de que um governo do PDMB (com tudo que isso implica) irá conseguir passar um pacote de austeridade era meio absurda - "ponte para frente" ou não. PMDB é um partido de interesses locais refletidos especialmente no parlamento, não tem ideologia nem projeto real que não seja garantir a eleição dos seus membros através da manipulação da máquina.

      O próprio mercado está impaciente - PEC 55 ainda não aprovada e com a agenda de narrativa política concentrada em anistia e em Geddel (que fazia a articulação política, diga-se de passagem) a aprovação começa a ficar questionada. E ainda por cima vem a reforma da previdência que todo mundo sabe que tem que ser votada no ano que vem (preferencialmente no primeiro semestre) pq ninguém vai votar isso em ano eleitoral. E nada de reforma da previdência enviada.

      Temer foi eleito (indiretamente) por uma coalizão com interesses muito distintos. Ele não está conseguindo atender os interesses na velocidade esperada. Por um lado acabou de rifar o interesse de sua base imediata (parlamentares) com relação a anistia, por outro lado não está agindo com energia suficiente para outra de suas bases, o mercado.

      Você junta isso às trapalhadas intrínsecas de se fazer um governo com Jucá, Padilha, Moreira Franco e Geddel como "núcleo duro" e você vê que é uma receita de um bolo que não dá para não solar.

      Dilma caiu pq deixou a lava jato continuar.. "Não vai restar pedra sobre pedra". Ela tinha razão, e a primeira pedra a ser derrubada foi ela. Agora Temer está caindo pq foi eleito para para-la mas é incapaz de entregar a promessa eleitoral.

      O nome de 2018 será alguém de fora da política tradicional.

      Excluir
  3. Eslovaquia? Hackers ou BOTs com certeza!!!

    Abre teu olho Romulus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei q era gente usando VPN. Mas de fato mais de 100 escolherem a Eslovaquia eh estranho rsrs

      Excluir
    2. Alias, "mikasa" eh do anime com os titãs?

      Excluir
  4. Eu e minhas graças ... se alguém lembra, há um vídeo no qual ele (Temer) elogia muito o Cunha e que ele era o cara certo pra a missão, bastava mandar que ele fazia (ou seja Cunha é Temer, literalmente, e nunca foi ao contrário, basta ver as perguntas de Cunha, principalmente as vetadas), o publico no vídeo eram lideres evangélicos (agregados e controladores de grande massa votante, veja o que aconteceu no Rio com Freixo), estes tem um projeto de poder de Estado (Assembleia, IURD, Mundial, etc inimigos, porém todos dormindo juntos) há um cartaz que vi sobre terem um presidente cristão. Lembre do MP do PR com vários devotos também.
    Há um lembrete sobre a PEC 2013, quem fez campanha contra a PEC http://www.mppr.mp.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=5024

    ResponderExcluir

Receba novos posts por email!