Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não... recebi de um seguidor no Facebook, como comentário a um artigo anterior. rs ...

Receba novos posts por email!

26.1.18

D.Ex. 26/1: o fiasco do Judiciário brasileiro e próximos passos nessa luta


Intercept Brasil: "união das esquerdaS" de *u é *ola!


Por Romulus Maya

"Compreendemos" fio de navalha editoral sobre qual dança @TheInterceptBr, em vista da origem do endowment que o criou (bilionário próximo de agências de inteligência americanas) vs. nicho editorial esquerda-identitária/"psolismo difuso" ("para-oficial")/ Praça São Salvador/ Laranjeiras/ RJ (reduto da galerinha "prafrentex" "lacradora").

Mas manchete "global", nada sutil, querendo fazer "viúvas" - precoces! - a chorar num (almejado?) "funeral de Lula"? 
🤔
Difícil unir "esquerdaS"/ e tal blogosfera "progressista"!



23.1.18

ITUC: “trabalhadores do mundo, uni-vos”? Pois já estão todos com Lula!

Todas as centrais sindicais da Europa e do restante do mundo receberam, nesta semana, mensagem que pode ser resumida por um lema:
“Stand with Lula”: junte-se a Lula – defenda a democracia no Brasil.
Quem assina é Sharan Burrow, Secretária-Geral da Confederação Internacional de Sindicatos de trabalhadores – ITUC, na sigla em inglês, entidade que representa mais de 200 milhões de trabalhadores em mais de 160 países.


Roosevelt vai a Porto Alegre: “está nas mãos do povo fazer valer direito de votar em Lula!”


A repercussão do áudio-bomba que detonou a Lava Jato


Exclusivo: áudio bomba - das entranhas da Odebrecht - detona de vez a Lava Jato!


21.1.18

PT no dia 25/1, o “day after”: “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”!

Por Romulus Maya, para o Duplo Expresso
– O PT, pro bem e pro mal, é muito mais que um partido político. Hoje representa a única voz institucional do campo popular com viabilidade em eleição majoritária. Também, a última que defende a soberania brasileira.
– E os adversários – todos eles, dentro e fora do Brasil – têm plena consciência disso!
– Como diz o tio do Peter Parker Ben, “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”. Pessoas de fora afetadas por decisões estratégicas do partido têm o direito – senão o dever – de criticar.
– De novo: PT, “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”!
– Grandes responsabilidades… inclusive, a de maior accountability – muito mal traduzido como “prestação de contas” (mais para “responsabilização ética”) – diante dos múltiplos stakeholders – “partes interessadas”/ “afetadas” pela atuação do Partido dos Trabalhadores.
– Para além da militância – digo, a filiada – há toda a base social do lulismo, muito maior que o petismo – digo, o “oficial”, de “carteirinha”.

Alô, PT: pare (já!) de colocar (retoricamente!) em dúvida a condenação de Lula no dia 24!

Por Romulus Maya
Sabe qual é o problema de tocar a “flauta mágica” na política?
A ressaca quando acaba a melodia!
Aprendam com “o cara”… ele mesmo: Lula!
Deixem o “bom mocismo” tecnicista do “eu acredito!” – atenção: absolutamente correto! – pro advogado, o competente Cristiano Zanin.
Liderança – política! – tem que manter o moral da tropa. E isso significa evitar que entrem em estado de choque com algo que foge ao controle do lado de cá e que, muito provavelmente, já está dado.
Quanto antes as bases assimilarem que a corrida é de maratona – e não de tiro de 100m rasos! – menor o prejuízo na mobilização com cada “jabzinho” que a gente leva deles.
A vitória não vai ser por nocaute.
Vai ser por pontos.
E lááá no finalzinho…
Talvez!
Mas… por outro lado…
Podemos gritar pras pessoas se prepararem pro pior, sem pânico, sem que ouçam – apenas! – duas palavras: “pior” e “pânico”?
“Que fazer?”, tio Lênin?
Bem… talvez tentar passar a mensagem (a adequada…) sem ser “no grito”?
Atenção: isso não é ser “derrotista”. Isso é se apropriar de um fato político – que está dado – e resignificá-lo, construindo a nossa “narrativa”: “quem será condenado no dia 24 é o Judiciário brasileiro”. Na sequência, dar as diretrizes para a ação no day after.
A Globo – ajudada por muita gente na “esquerda” (p.e., parte do PSOL; “príncipes” afoitos do PT de olho na herança do “rei” (morto?); Ciro – todos esses junto a seus respectivos apoiadores não muito discretos na blogosfera) decretarão, no dia 25 (atenção: como já fizeram com todas as “balas de prata” anteriores – até aqui frustradas!), que “agora vai”: “Lula é, finalmente, um cadáver político”. Essa será a tal da “narrativa”. Se a base de Lula “comprar” isso, portando-se como a viúva no funeral, aí ferrou!
Pergunta: cachorro velho aprende truque novo?
(Aprende, “Seu” Pavlov?)

20.1.18

Alô, minorias “prafrentex”: é pra derrotar o golpe? Ou “lacrar” nas redes sociais?! Pobre, Lula!

Por Romulus Maya
“Pobre Lula”?
– Pobres de nós!
Vejam o vídeo (viral!) que acabo de receber via Whatsapp de uma concursada…
Calma!
“Concursada”, “meritocrática”, sim…
– … mas “do bem”!
Acreditem: é raro mas isso ainda existe!
(e tal ressalva se faz necessária nos dias de hoje, não é mesmo?)
Pois então… além de concursada “do bem” ela também é “antenadíssima”, essa amiga…
Cool, globetrotter

15.1.18

“Capital vadio”: Globo bota dinheiro na condenação de Lula – por 3×0!


Por Romulus Maya

Como antecipamos no programa Duplo Expresso desta manhã, há um grande interessado num placar de três a zero, contrário ao ex-Presidente Lula, em Porto Alegre, no próximo dia 24: o mercado financeiro. E, em particular, os irmãos Marinho.

Para além da finalidade político-eleitoral, óbvia, fonte na finança revela um interesse mais imediato: o "capital vadio" (apud Requião) - aí incluídos os Marinho - estariam, no jargão do mercado, pesadamente "comprados". Ou seja, fizeram apostas substanciais na jogatina financeira, apostando numa condenação - unânime - de Lula no TRF- 4: alta da bolsa, queda do dólar e dos juros futuros.

LEIA MAIS >>

Nós avisamos: quem – apesar da Globo – vetou repressão do Exército em Porto Alegre foi o seu Comandante


Por Romulus Maya

– Como antecipou o Duplo Expresso, quem disse “não” a Exército reprimindo manifestantes em Porto Alegre no dia 24 foi o seu Comandante, o General Villas Boas.

– Errou analista da blogosfera que creditou tal veto a uma suposta “dignidade” (?) do Ministro da Defesa, Raul Jungmann, bem como militantes da esquerda, como Rui Costa Pimenta, que antes acusaram o General de ser simpático a uma militarização do golpe.

– Ora, trata-se justamente do oposto… nos dois casos!

LEIA MAIS >>

“Fake news”?! Pior é “ghost news”: as “notícias fantasma”, escondidas pelo PIG!


7.1.18

Sergio Moro & Dario Messer, o doleiro: o elo “perdido” - e explosivo - ligando Lava Jato e Bane$tado


Sergio Moro & Dario Messer, o doleiro: o elo “perdido” - e explosivo - ligando Lava Jato e Bane$tado


Segundo fonte nossa na comunidade de inteligência europeia, os “operadores” do enterro do escândalo do Banestado – de longe o maior caso de corrupção de todos os tempos: mais de 134 bilhões! De dólares! – teriam recebido 0,8% desse montante para operacionalizar o “desmonte”. Por óbvio, entre os “coveiros” necessariamente se encontravam membros do Judiciário. Os “operadores jurídicos” do “enterro” também teriam, portanto, entrado no rateio desse butim.

Ou seja: 0,8% dos 134 bilhões de dólares.

Nada menos que 1.072 bilhão de dólares!

Vale lembrar que o juiz Sergio Moro, na qualidade de juiz de instrução, presidia as investigações então.

De maneira “inusitada”, o maior doleiro do Brasil, Dario Messer, foi então “poupado”.

4.1.18

(Falso!) moralismo por grana: Moro & “DD” – reféns de Eduardo Cunha – sequer são originais!

iniatura

(Falso!) moralismo por grana: Moro & “DD” – reféns de Eduardo Cunha – sequer são originais!

Por Romulus Maya

A comunidade do nosso Blog continua debruçada sobre os esqueletos que tem Sergio Moro no seu armário curitibano...

“Esqueletos” esses que tornaram Moro (mais um) refém de...

- ... Eduardo Cunha!

Sim, Cunha...

A “eminência (mais do que nunca...) parda” que – justamente hoje, vejam só! – “volta à mídia”...

Golpe do 💸“acordo”💸 Petrobras/ “abutres”: Resistência nacionalista pode para-lo!



Golpe do 💸“acordo”💸 Petrobras/ “abutres” de Wall St.: Resistência nacionalista pode para-lo!

1- Nos EUA há os chamados "danos punitivos", indo além da reparação pelos danos efetivamente causados à "vítima". Uma espécie de "lição" para o condenado "aprender". Daí o nome: danos "punitivos".

Evidentemente, gera enriquecimento SEM CAUSA de autor da ação - e de seus advogados!

No caso, bilionário!

Sofre críticas nos próprios EUA e não é aceito nos países da NOSSA tradição jurídica.

2- Direção (golpista) da Petrobras e abutres americanos praticam GOLPE - juntos! - com esse tal "acordo".

Isso porque uma SENTENÇA (do Judiciário americano) com condenação NESSES TERMOS nunca seria homologada e executada no Brasil!


3.1.18

Como Eduardo Cunha "opera" Sergio Moro - e como ambos, juntos, "operam" a imprensa


Como Eduardo Cunha "opera" Sergio Moro - e como ambos, juntos, "operam" a imprensa

Por Romulus Maya

A Folha de São Paulo (sempre ela) plantou na sua edição de hoje “entrevista” (sic) com Carlos Fernando dos Santos Lima. Nela, o Procurador - e também a Folha, é claro - tentam lançar um certo "balão de ensaio"... uma tentativa de “vacina”... um “álibi jurídico-estratégico” para “explicar” (sic) as (obscenas!) vantagens que a Odebrecht comprou das mãos da Máfia de Curitiba.

Problema: o tal "álibi" ensaiado pela dobradinha Carlos Fernando/ Folha é (flagrantemente) tosco demais para ser crível!

Quer dizer...

Ao menos para nós aqui no Blog...

E, é claro, também para o - mui esperto - Eduardo Cunha!

“Homem pelado” Vol.2: MBL volta com diversionismo depois das “férias”?


“Homem pelado” Vol.2: MBL volta com diversionismo depois das “férias”?

2.1.18

“Notinhas” em “off” atribuídas a “petistas” (?) recomendam a Lula abraçar a direita! Sei...


“Notinhas” em “off” atribuídas a “petistas” (?) recomendam a Lula abraçar a direita! Sei...
TER, 02/01/2018 - 15:57
ATUALIZADO EM 02/01/2018 - 16:05
JORNAL GGN
Jornal GGN - Uma ala do comando do PT acredita que o ex-presidente Lula deve ser reaproximar do empresariado nacional. "O raciocínio é pragmático. Sem um novo pacto com o que o partido chama de elites, as chances de ele deixar de ser pintado como um dos extremos da eleição presidencial são diminutas." É o que diz o Painel da Folha desta terça (2).
No Estadão, colunistas também afirmam que a missão de parte da classe política que ainda está sem candidato é taxar Lula de radical e afastá-lo dos votos ao centro. A mesma tática é empregada com Bolsonaro.

Receba novos posts por email!