Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não... recebi de um seguidor no Facebook, como comentário a um artigo anterior. rs ...

Receba novos posts por email!

17.2.20

A saída é o nacionalismo – D.E. 17/fev/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O cientista político Felipe Quintas comenta: "Nasser, um estadista nacionalista egípcio".

16.2.20

Chamada: live (especial!) do (Novo!) D.E. -- hoje, 20h!





Parece que foram “apenas” dois anos e meio?
Bem, não poderia ser muito diferente de uma “montanha-russa” em se tratando de um punhado de gente que, na cara e na coragem — e não muito mais que isso, para além de (1) uma boa internet banda-larga; (2) sede na Suíça (refúgio — histórico — de dissidentes, políticos e até religiosos); e (3) ausência TOTAL de rabo preso, com quem quer que seja –, dedica-se a travar uma “guerra (ultra!) assimétrica”, digital-comunicacional, contra o avanço do Golpe transnacional aplicado ao Brasil e os brasileiros, numa “Parceria Público-Privada” celebrada entre US Deep State + Finança global + proto-“Deep State Tabajara” (grosso modo, Generais — entreguistas — do GSI).
Como costumo dizer, é óbvio que — até aqui… — as sucessivas barreiras que levantamos com nosso trabalho não lograram represar tal avanço. A realidade — terrível — está aí, afinal. Mas também é certo que, com o enorme número de “plantações” deles também sucessivamente queimadas por nós, o roteiro deles teve que ser — emergencialmente — reescrito na prancheta do “Marechal” Augusto Heleno — para nós, “Vovô Voyeur”: aquele que quer ver todo mundo (homem, mulher, criança e velho) peladão na webcam e no celular, com o Projeto de Lei 2418/ 2019. Às vezes, tal rearranjo no roteiro de Heleno acaba sendo improvisado de forma patética, como com a recente troca no casting da “série” que Heleno produz e exibe num certo “canal” chamado “Brasil”. Troca essa aplicada no meio da temporada! Com ela, o “Vovô Tarado” substituiu, para o papel do arquétipo “assassinão sinistrão da Marielle caveirudo”, o ator que tem o physique du rôle do “Saci Pererê” (!) por aquele que tem o do… “Rambo”(!)
Maravilha!
(#SóQueAoContrário)

Chamada: live (especial!) do (Novo!) D.E. — hoje, 20h!

Chamada: live (especial!) do (Novo!) D.E. — hoje, 20h!



Parece que foram “apenas” dois anos e meio?
Bem, não poderia ser muito diferente de uma “montanha-russa” em se tratando de um punhado de gente que, na cara e na coragem — e não muito mais que isso, para além de (1) uma boa internet banda-larga; (2) sede na Suíça (refúgio — histórico — de dissidentes, políticos e até religiosos); e (3) ausência TOTAL de rabo preso, com quem quer que seja –, dedica-se a travar uma “guerra (ultra!) assimétrica”, digital-comunicacional, contra o avanço do Golpe transnacional aplicado ao Brasil e os brasileiros, numa “Parceria Público-Privada” celebrada entre US Deep State + Finança global + proto-“Deep State Tabajara” (grosso modo, Generais — entreguistas — do GSI).
Como costumo dizer, é óbvio que — até aqui… — as sucessivas barreiras que levantamos com nosso trabalho não lograram represar tal avanço. A realidade — terrível — está aí, afinal. Mas também é certo que, com o enorme número de “plantações” deles também sucessivamente queimadas por nós, o roteiro deles teve que ser — emergencialmente — reescrito na prancheta do “Marechal” Augusto Heleno — para nós, “Vovô Voyeur”: aquele que quer ver todo mundo (homem, mulher, criança e velho) peladão na webcam e no celular, com o Projeto de Lei 2418/ 2019. Às vezes, tal rearranjo no roteiro de Heleno acaba sendo improvisado de forma patética, como com a recente troca no casting da “série” que Heleno produz e exibe num certo “canal” chamado “Brasil”. Troca essa aplicada no meio da temporada! Com ela, o “Vovô Tarado” substituiu, para o papel do arquétipo “assassinão sinistrão da Marielle caveirudo”, o ator que tem o physique du rôle do “Saci Pererê” (!) por aquele que tem o do… “Rambo”(!)
Maravilha!
(#SóQueAoContrário)

14.2.20

Debandada: “Marxistas” deixam Duplo Expresso (o affair Jones Manoel)

Debandada: “Marxistas” deixam Duplo Expresso (o affair Jones Manoel)



"Se bem que o lastro “concreto” — muuuito concreto, digamos… — para a “divergência teórica” (sic) que Jones Manoel cavou com Nildo Ouriques merecia vir a público, sim, para que se veja bem o que, exatamente, anima certo tipo de “marxista revolucionário nacionalista terceiro-mundista latino-americano pseudo ‘Malandro'”…

Chocou a minha “moral pequeno-burguesa”, digamos…"

Por Romulus Maya​

13.2.20

Guerra híbrida: Leirner – & Laerte! – ensinam “domínio de espectro total”. Rolando hoje!

Guerra híbrida: Leirner – & Laerte! – ensinam “domínio de espectro total”. Rolando hoje!



"Ao mesmo tempo, vejam que bacana, mais à frente, ao mesmo tempo que Guedes barbariza ali (e vamos lá… já foram nessa lista vários, uma semana é ele, na outra é o 03, na outra é o Weintraub, na outra é o Ernesto, na outra é a Damares, na outra é o secretário lá, na outra é a Regina, daí volta para o Guedes, ciranda cirandinha…), o Santos Cruz (eeee, alguém se lembra do “ala racional” do Governo????) dá entrevista pro pessoal do 247, falando contra essa “adesão aos EUA” (ops, na campanha não teve nada disso, né???). De novo, bad cop, good cop…"

Por Piero Leirner​

“Heresia contra a Nação”, é? Adoro!

“Heresia contra a Nação”, é? Adoro!



Ah, a Embraer….
O passarinho “migrou” para o Norte…
Quer dizer…
Não batendo asas, intrépida, como antes voou o mundo…
Não…
Pelo contrário: foi-se — de vez!
E derretida em ácido!
Praxe no desmanche de mercadoria… roubada?
Será?
Não sei, não sou ladrão…
(nem ajudante — local — de ladrão, por esse ~comprado~)
Derretida foi-se a Embraer, sim…
E derretida dentro do estômago de outro pássaro, imagine!
Uma certa”Águia Careca”…
Ave de rapina, afinal.

12.2.20

11.2.20

Porra, trocaram “o assassino da Marielle”?! E só eu notei? “Loucura” (co...





Porra, trocaram “o assassino da Marielle”?! E só eu notei? “Loucura” (coletiva)?

Porra, trocaram “o assassino da Marielle”?! E só eu notei? “Loucura” (coletiva)?

Porra, trocaram “o assassino da Marielle”?! E só eu notei? “Loucura” (coletiva)?



É inacreditável constatar que caso eu, Romulus Maya, tivesse (“feito a Ariclê” e…) aproveitado para ir esquiar em St. Moritz, aqui do lado, NINGUÉM anotaria que, da semana passada para cá, a “pinça” PIG/ PIGuinho “Vermelho” — na maior cara de pau e sem qualquer “explicação” — simplesmente trocou o (pela “pinça” alegado…) “assassino de Marielle” (!)
P.Q.P.!
Só tem eu nessa bagaça com neurônio?

9.2.20

Ressurreição (no Terreiro D.E.): só “volta” quem um dia “se foi”, Maria…

Ressurreição (no Terreiro D.E.): só “volta” quem um dia “se foi”, Maria…



“Com você é natural… e o faz de forma brilhante. Os elementos geopolíticos da crise, a impecável análise do emaranhado institucional, a aterrorizante compreensão das armadilhas que podem blindar o golpe no day after, o “sorriso da Mona Lisa” que descreve tão bem o enigma do papel das Forças Armadas… Maquiavel na veia!”

8.2.20

Maria-Ariclê Grey detona: “‘Primadonna’ do D.E. se queimou! Só falta nude agora…”. Falta?

Maria-Ariclê Grey detona: “‘Primadonna’ do D.E. se queimou! Só falta nude agora…”. Falta?



"A vida — e a morte — não dão segundas chances. Pense (muito) nisso antes de brigar feio com alguém…
— “Ainnnn, que mal gosto!”
Sim, bicha, como eu, é escrota…
Escrotíssima…
Senso de humor que corta mais que “navalha de trava na quebrada”, sabe?
Alguma concessão a vida tinha que nos autorizar, certo?"

A Verdade sobre fim do Duplo Expresso (e “haraquiri” de Romulus Maya)

A Verdade sobre fim do Duplo Expresso (e “haraquiri” de Romulus Maya)



Como filiado ao PT há anos, tentei participar da política partidária, sem qualquer sucesso prático e sem entender bem por que tudo era tão travado… também insistia em participar de debates informais com conhecidos, orgulhoso do “estandarte vermelho” que ostentava.
Não acreditava que me faltasse entendimento sobre a nossa política, tudo me parecia muito “óbvio”…
Até que em um belíssimo dia, procurando vídeos do Pepe Escobar no YouTube (após ouvi-lo no Brasil 171) para ouvir algo diferente sobre a geopolítica, eis que descobri o DE. Foi recente, aconteceu em outubro de 2019 e desde então não perdi sequer um minuto dos programas (ao vivo ou não) – e abandonei todos os outros blogs que eu costumava ler e que me hipnotizavam.
Era como se eu não acreditasse nas coisas que eu via e ouvia (no D.E.). Enfim descobria como as minhas referências de então eram muito limitadas, fossem elas jornalísticas, acadêmicas ou partidárias. Por isso, como não é fácil a passagem, a minha estratégia desde o início foi procurar por falácias e principalmente tentar fazer objeções ao que era dito nos programas do DE, uma forma de tentar preservar de pé meu castelo de ilusões construído ao longo dos anos. Mas a verdade é que me apaixonei desde o primeiro dia!
Era como se outro mundo me tivesse sido apresentado. Mas era o mesmo, só que sem a cortina de fumaça atiçada pelos próprios “vermelhos”, quando eu acreditava que ela apenas existia na chamada direita.
Foi duro e ao mesmo tempo libertador poder ver como somos operados com a cismogênese (conceito que aprendi aqui).
Eu era ingênuo? Sim, muito, mas de boa fé. Quantos mais não o são e também não sabem?
Enfim, o certo é que eu nunca mais serei o mesmo depois de ter conhecido vocês!

6.2.20

“Preto no branco”: D.E. “racista”? “Não, Iracema! Eu NÃO perdi o seu retrato”!

“Preto no branco”: D.E. “racista”? “Não, Iracema! Eu NÃO perdi o seu retrato”!



Há uma enorme imprecisão neste texto. Dramática. Da família pobre saiu outra pessoa para sucesso profissional e social. Na verdade, em trajetória muito mais fantástica – e excepcional – que a do meu pai. Isso porque não se chama… “Brillo”. E não tem tampouco mãe de olhos azuis. Na verdade, muito longe disso: é preto. Preto retinto. Assim como a (nossa) “Tia Benedita”, comum. Aquela que, até no nome, era… preta (como sempre ouvi). Mostrando o quão falso, odioso, injusto, são todos os estereótipos alimentados para reforçar o racismo – estrutural – do Brasil, como 99,999…% dos pretos (e pardos) do nosso país, nem Tia Benedita nem tampouco o “Primo Jorge” nunca foram… “malandros”. E, no entanto, certamente a sociedade brasileira sempre os terá – majoritariamente – tratado assim. I.e., até “Primo Jorge” ter ficado – por mérito artístico excepcional – rico e famoso. Até em nível internacional!
A sacanagem, a ajudar os racistas do Brasil, é que sempre haverá a tal da “exceção que confirma a regra”. A laranja podre do cesto. Na semana passada, lamentavelmente travei contato com a mesma. E, (muito!) contrafeito, ora sou forçado a expô-la enquanto tal. Na qualidade de (autointitulado) “Cacique Juruna do Séc. XXI”. Ou seja, com áudio e vídeo. Tudo gravado.

5.2.20

Moro vence: o fim do Duplo Expresso! – (último) D.E. 5/fev/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya anuncia o fim do Duplo Expresso.
(ii) Pedro Otoni, cientista político e especialista em economia política, Pedro Marin e André Ortega, os últimos dois editores da Revista Opera – todos os três marxistas leninistas... –, são constrangidos por ato ditatorial do (ex) Editor-chefe do Duplo Expresso, Romulus Maya, a comentar: "conseguiram os 'marxistas' (sic) superar a burguesia na tarefa de matar o velho Karl?".
(iii) FIM: "tudo que é sólido se desmancha no ar", tá ligado?

4.2.20

Pepe Escobar & Piero Leirner: guerra híbrida 2020 – D.E. 4/fev/2020

Pepe Escobar & Piero Leirner: guerra híbrida 2020 – D.E. 4/fev/2020



Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O economista Nildo Ouriques, Presidente do IELA-UFSC, comenta: “qual o ethos de um revolucionário?”. Mais: a esquerda na Guatemala.
(iii) O antropólogo Piero Leirner, nosso professor — titular! — de “Guerra Híbrida”, e o correspondente e analista internacional Pepe Escobar chegam para aclarar a conjuntura atual da grande disputa global. Teatros: Rússia, China, Irã, Síria, Europa, EUA, América Latina e… Brasil, é claro.

Pepe Escobar & Piero Leirner: guerra híbrida 2020 – D.E. 4/fev/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O economista Nildo Ouriques, Presidente do IELA-UFSC, comenta: "qual o ethos de um revolucionário?". Mais: a esquerda na Guatemala.
(iii) O antropólogo Piero Leirner, nosso professor -- titular! -- de "Guerra Híbrida", e o correspondente e analista internacional Pepe Escobar chegam para aclarar a conjuntura atual da grande disputa global. Teatros: Rússia, China, Irã, Síria, Europa, EUA, América Latina e... Brasil, é claro.

3.2.20

P.Q.P.: salva algum?!

P.Q.P.: salva algum?!



Às vezes, para desespero da pós-modernidade identitária, a mentira não padece de corte de raça.
Isso porque, infelizmente, não é só o “homem *branco*” quem mente, caro Cacique Juruna.
(de outrora)
Calma…
Reste sereno no seu merecido repouso, ó, grande xavante:
– O que é certo é que o jeito de expor patifaria, tão conhecido de si, continua o mesmo.
Quer dizer…
Quase!

2022 e o script dos EUA para o Brasil – D.E. 3/fev/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O cientista político Felipe Quintas comenta: "Boumedienne, um estadista nacionalista argelino".

2.2.20

Bomba: a verdade sobre o coronavírus... no Brasil! – D.E. de Domingo 2/f...





Destaques:
Duplo Expresso de Domingo, com Romulus Maya, o penalista Fernando Nogueira e o especialista em ciber-segurança e tecnologia "Caos Soberano".





31.1.20

Guerra global: as sequelas – D.E. 31/jan/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) Luiz Ferreira Jr., advogado e comunicólogo, comenta: "Mentalidade neoliberal e a crise econômica em tempos de guerra global".





30.1.20

Guerra Híbrida avança na América Latina – D.E. 30/jan/2020

Guerra Híbrida avança na América Latina – D.E. 30/jan/2020



#AoVivo - Guerra Híbrida avança na América Latina – D.E. 30/jan/2020



Destaques:

(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.

(ii) O historiador Mario Maestri comenta: “Losurdo: um farsante no País dos Papagaios”.

(iii) A socióloga Angélica Lovatto comenta: “A importância da luta socialista na política brasileira hoje”.

(iv) Alejandro Acosta, editor do jornal Gazeta Revolucionária, comenta: “guerra híbrida avança na América Latina”.



No Youtube: https://youtu.be/AKsTb3phzgA



Outras (4) plataformas: https://duploexpresso.com/?p=109774

Guerra Híbrida avança na América Latina – D.E. 30/jan/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O historiador Mario Maestri comenta: “Losurdo: um farsante no País dos Papagaios”.
(iii) A socióloga Angélica Lovatto comenta: “A importância da luta socialista na política brasileira hoje”.
(iv) Alejandro Acosta, editor do jornal Gazeta Revolucionária, comenta: "guerra híbrida avança na América Latina".





29.1.20

O combate neste ano – D.E. 29/jan/2020





Destaques:

(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.

(ii) Pedro Otoni, cientista político e especialista em economia política, fundador das Brigadas Populares e membro da direção nacional da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, propõe estratégia para barrar o avanço do bolsonarismo em 2020, com foco nas eleições municipais deste ano.

(iii) Jones Manoel, historiador, youtuber e militante do PCB, comenta o ataque que sofreu na semana passada do Intercept "BraZil". Sim, o veículo do limited hangout Glenn Greenwald, bancado pelo bilionário parceiro da CIA Pierre Omidyar.

28.1.20

Por que atacam o D.E. (e Romulus Maya)? Os documentos!





Por que atacam o D.E. (e Romulus Maya)? Os documentos!

Os últimos disparos na guerra híbrida – D.E. 28/jan/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O economista Nildo Ouriques comenta: "México: os limites do progressismo".
(iii) O antropólogo Piero Leirner comenta os últimos disparos na guerra híbrida.

27.1.20

A luta contra o imperialismo – D.E. 27/jan/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O cientista político Felipe Quintas comenta: "Mossadegh, um líder iraniano nacionalista".

26.1.20

2020: lá vem pedrada – D.E. de Domingo 26/jan/2020





Destaques:
Duplo Expresso de Domingo, com Romulus Maya, o penalista Fernando Nogueira e o especialista em ciber-segurança e tecnologia "Caos Soberano".

24.1.20

E o ano já abre com mais um C.Q.D.! – D.E. 24/jan/2020





Destaques:

(i) Romulus Maya analisa a conjuntura política.

(ii) O antropólogo João de Athayde comenta, direto da França: "Distopia: Distorção e Desesperança".

23.1.20

Prepare-se – D.E. 23/jan/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) Direto de Buenos Aires, o analista internacional Eduardo Jorge Vior comenta: “Albero Fernandez vai a Jerusalém. Para quê?”. Bônus: novidades no caso D’Alessio!
(iii) O historiador Mario Maestri lança a sua navalha, afiadíssima, sobre a política brasileira. Hoje com o tema: “Os 150 anos do arrasamento do Estado-nação paraguaio pelo Exército do Brasil”.
(iv) A socióloga Angelica Lovatto comenta: “2020 será decisivo: como atuar na política brasileira?”.

Prepare-se – D.E. 23/jan/2020

Prepare-se – D.E. 23/jan/2020



Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) Direto de Buenos Aires, o analista internacional Eduardo Jorge Vior comenta: “Albero Fernandez vai a Jerusalém. Para quê?”. Bônus: novidades no caso D’Alessio!
(iii) O historiador Mario Maestri lança a sua navalha, afiadíssima, sobre a política brasileira. Hoje com o tema: “Os 150 anos do arrasamento do Estado-nação paraguaio pelo Exército do Brasil”.
(iv) A socióloga Angelica Lovatto comenta: “2020 será decisivo: como atuar na política brasileira?”.

22.1.20

Geopolítica global: como será este ano? – D.E. 22/jan/2020





Destaques:
Romulus Maya e o especialista em ciber-segurança e tecnologia "Caos Soberano" analisam o tabuleiro global neste início de ano. Bônus: fim da "polêmica": as PROVAS de que "junho de 2013" foi, sim, armação da CIA!

21.1.20

América Latina e a ave de rapina do Norte: 2020 será decisivo





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O economista Nildo Ouriques e Alejandro Acosta, editor do jornal "Gazeta Revolucionária", trazem as últimas informações sobre a ofensiva do imperialismo nas Américas e o status dos movimentos dos povos latinos de resistência e enfrentamento à ave de rapina do Norte.

20.1.20

2020: o ano do #EvagelistãoDoPó? – D.E. 20/jan/2020





Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política, hoje com ênfase nos sinais nas últimas semanas da associação, cada vez mais evidente, entre Sergio Moro, o General Heleno e o PCC. Infelizmente, 2020 começa com mais CQDs do D.E.
(ii) O cientista político Felipe Quintas comenta: "Não há cidadania sem soberania nacional".
(iii) Luiz Ferreira Jr., advogado e comunicólogo, bate bola com Romulus Maya sobre os principais eventos destas primeiras semanas do ano e a "meta-análise " dos expressonautas.

15.1.20

“Guerra híbrida” (“do atraso”?): mais uma reação — no PT — ao D.E.

“Guerra híbrida” (“do atraso”?): mais uma reação — no PT — ao D.E.



Precisamos muito falar de “guerra híbrida” no Brasil.
Quanto mais, melhor!
Mas não como “limited hangout”…
Uma tentativa de “fogo de encontro” para estancar questionamentos e hemorragia nas bases, cada vez mais ligadas em manipulações concertadas com o outro lado e “Telecatch”.
Assim, não vai ter jeito: o pessoal vai continuar vindo ao D.E., para saber o que REALMENTE acontece… rs

Receba novos posts por email!