Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Atualizado em 7/12: O <<juízo final>> no STF hoje Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não......

Receba novos posts por email!

8.9.17

Lula em Curitiba: está na hora da Guerra Total!



Lula em Curitiba: está na hora da Guerra Total!


Por Romulus

OUSADIA-BOMBA:


Poderíamos organizar até – em último caso – um test drive de corrida bancária...


Para eles tomarem um gostinho...


Tipo combinarmos um determinado dia “x” para TODO MUNDO sacar um valor “y” das suas contas correntes...


Quem sabe até comprando com esse dinheiro dólares e guardando em casa, sem depositá-lo novamente nos bancos...


Imaginem a correria!


*


HAIRCUT NELES


Isso tudo sem prejuízo de, p.e., encarnado o “cão danado” da Islândia, começar um movimento de coleta de assinaturas para um referendo de cancelamento (!) da dívida interna detida (apenas) por eles, os GRANDES credores...


Nada difícil de operacionalizar:


- Adote-se algo parecido com a chamada “fórmula suíça” do Comércio Internacional...


- Em que quem tem mais, perde mais...


- E colocando um piso mínimo de, p.e., 1 milhão de reais, para começar o tal do haircut.


Que tal?


Imaginem CUT, CNBB e MST organizando algo parecido??


*


É temerário?


É prenúncio de haraquiri?


De hecatombe nuclear?


É sim...


Mas temos que demonstrar ao “escorpião” que o “bobo” (?) do “sapo” (“barbudo”?), se tiver a certeza de que será, fatalmente, picado e morto ao deixar o “escorpião” entregue, em segurança, na outra margem, pode resolver antecipar a resolução da “coisa” e dar, ele mesmo, o mergulho fatal lá pro fundo do rio, sabe...


(aprendamos alguma coisa com o Kim Jong-un da Coreia do Norte, meus caros...)

*

Prólogo (1): “guerra de extermínio”



Uma das péssimas práticas que o século XX inaugurou (com relação ao XVIII e XIX) foi a morte física dos vencidos. Especialmente na segunda guerra houve uma intensa discussão se deveria haver uma paz com os nazistas. É claro que a bestialidade do nazi-fascismo era tão brutal que qualquer acordo de paz soava como negociação com o pecado, uma pacto com o diabo e a aceitação de alguma parte daquela monstruosidade. Por outro lado, diversos analistas e historiadores lembraram que ao não oferecer uma saída diplomática, o próprio ocidente teria suas perdas muito elevadas, eis que Sun Tzu já apontava para a luta contra um inimigo sem esperança de continuar vivo.

A questão é que além da "rendição incondicional" imposta aos nazistas, houve o uso perverso da civilização e do direito nos "processo de Nuremberg" e depois caça e assassínio dos líderes nazistas que sobraram pelo mundo. O preço de termos enfrentado monstros foi nos tornarmos monstros. Se contra o nazismo parecia moralmente válido este comportamento, o século XX tornou a prática do extermínio do inimigo uma regra.

De Trotsky e Chê na esquerda até Saddam Hussein e Kadahfi, a história do século XX e a história não apenas de como se vencem batalhas políticas, mas do extermínio físico do oponente.

Isto leva a pensarmos algumas coisas:

Pode Kim-Jong-Un render-se, negociar ou abrir mão de armas nucleares diante do histórico do século XX e início do XXI?

Diante da perseguição física evidente a Lula e Dilma é justo acreditarmos em alguma ideia de justiça?

Diante da mesma perseguição não teria Dilma abandonado o poder de forma muito civilizada?

Não está já na hora de "resistência" levar em conta que o derrotado será exterminado?


*


Prólogo (2): a “Justiça” (sic) e a “verdade” (sic), segundo Dilma Rousseff

TER, 05/09/2017 - 20:01
JORNAL GGN


(...)


Abaixo, a nota completa de Dilma:


1. Mais uma vez, o senhor Marcelo Odebrecht volta a faltar com a verdade ao dizer em juízo que ele seria uma espécie de padrinho de pleitos da presidenta eleita Dilma Rousseff junto à construtora.


2.  É mentira que Dilma Rousseff tenha pedido ou mandado pedir recursos ou favores ao senhor Marcelo Odebrecht ou a dirigentes da empreiteira. Isso jamais aconteceu. O empresário mente.

3. A verdade virá à tona. (?)


Insinuações ou mentiras lançadas não (?) terão o condão de se transformarem em fatos (??).

A Justiça (sic) vai restabelecer a verdade (sic). (??!)


*


Prólogo (3): os parlamentares de Facebook (!)








*


Prólogo (4): a falta que faz o “caudilho”


Comentário aqui no Blog ao artigo:





Essa questão dos casuísmos (é o termo técnico para "gambiarras" no Direito?) me lembrou o impeachment do Collor. O PT e boa parte da esquerda aderiram ao movimento, sem pensar que, um dia, aquilo se voltaria contra eles. O único esquerdista que, naquela ocasião, defendeu o respeito ao voto popular foi Brizola...



vatar
Que falta que faz o "caudilho"!
Imagine se ele ia ser ridículo e canastrão, prestando-se a encenar uma "esquizofrenia" sobre a Lava a Jato. I.e., criticar "abusos" quando são contra Lula e compartilhar freneticamente nas redes sociais (sempre elas...) os mesmos abusos contra os adversários de PMDB, PSDB, empresários... ... ...



*


Palocci – o “delator” (aspas!) – por Fernando Rodrigues


7/7/2017
Petista era racional desde quando jovem e trotskista
Destravou Lei de Acesso com pensamento utilitário
PODER360


(...)


Há outro aspecto relevante a ser considerado. Depois de uma inflexão na direção do PMDB e do PSDB, a Lava Jato sofreu um revés com a revelação das cafajestices de Joesley Batista, uma espécie de Jece Valadão das delações premiadas. Há 1 vento agora soprando a favor de a “República de Curitiba” retomar sua trajetória anti-PT. Palocci sabe fazer análise de conjuntura. Percebeu que soltando algo sobre Lula e Dilma poderia recobrar parte do prestígio perdido na cadeia depois várias tentativas frustradas de engabelar os investigadores com relatos sem nexo.


A pergunta que fica é se Sérgio Moro acreditará na narrativa ladina e de ocasião do ex-ministro ou se vai exigir provas mais vigorosas.


De qualquer forma, uma coisa é certa: Palocci tomou 1 caminho sem volta. Abandonou o PT, Lula e Dilma. Se vai conseguir sair mais cedo da cadeia só saberemos mais adiante –ainda mais agora que começou a ruir a mãe de todas as delações, a história mirabolante contada por Joesley Batista (o surrealista pagamento de propina para 1.800 políticos).


Minha impressão é que procuradores, juízes e delegados certamente preferirão pensar várias vezes antes de conceder alguma indulgência em troca apenas da 1ª versão ben trovata de 1 condenado finório e astuto como Palocci. O ex-ministro tem muito mais a falar e a contar. Bancos, empresas de mídia encrencadas, outras empreiteiras, JBS-Friboi. Nada disso ainda emergiu da boca do ex-militante da Libelu


Romulus: Ele se (?) engana...


Moro, óbvio, não vai atrás nem de bancos nem de Globo.


Ele e Dallagnol já foram enquadrados nesse sentido meses atrás.


Até por isso que a delação de Palocci demorou tanto a sair.


Nego não liga lé com cré.


Fico besta.


Não foi à toa que cravei - 3 meses atrás!! - que a delação de Palocci ia sair SIM...


E COM Lula e SEM Bancos (ou Globo).


Nego viaja no "wishful thinking".


Ai, ai...


*




Romulus: HAHAHA nego viaja. Moro não precisa de mais sarna pra se coçar!


Essa chamada deve ser pra ganhar clicks.


Só pode.


Leonardo: Ele vai falar sobre o mercado financeiro só o que convier. Delação orientada...
Viu que a fonte é a Reuters?


Romulus: Lógico! 1 boi de piranha no máximo. E não vai ser banco comercial. Vai ser de investimento, que é pra não ter impacto sistêmico. Provavelmente só André Esteves/ Pactual. Falamos exatamente isso (o Ciro) já naquele post de 3 meses (!) atrás.


Leonardo: Então eu tenho motivos pra estar pessimista?


Romulus: cauteloso. Porque eles não tem limites.


Mas temos que esperar pra ver o que a Dodge vai fazer.


Se vai acobertar o esquema Lava a Jato ou se vai dar um freio de arrumação e passar tudo a limpo.


Todas essas "reviravoltas" das últimas horas - Palocci e Funaro fechando delação, (re-) "aparecimento" dos áudios comprometedores há muito conhecidos da JBS... – tudo isso é tentativa de deixar um fait accompli pra Dodge. Tentar deixar as mãos dela amarradas.


Não tenha duvida: a pressão da Globo VAI TODA pra cima dela.


Leonardo: E você rindo ontem kkkk mandando eu ir curtir o feriado kkkkk


Romulus: Ué... continuo dizendo isso. Não tem por que sofrer de véspera. E se desmobilizar com "desespero" plantado - deliberadamente - pela Globo.


É melhor você aproveitar o feriado?


Ou deixar os Marinho rindo à toa no deles?


*


Resolução tática: “tá na hora do pau!”




Objetivamente, há sim um vetor que pode (re-) “decolar” agora:


- O bom e velho “estancar a sangria”;


e...


- “Delimitar (a Lava a Jato) onde já estava (PT)”, apud Jucá.


Esse SEMPRE foi o jogo em Curitiba.


PSDB até hoje não deu as caras por lá.


PMDB (e.g., Cunha) só por acidente de percurso...


O noticiário se impôs sobre Moro/ Dallagnol.


Não tinham como não “agir”.


“Agir” entre aspas mesmo...


Ora, não ficamos a saber – DEPOIS! – que Cunha tão somente estava ALBERGADO lá no Sul?


E recebendo uma BOA MESADA (by JBS) enquanto fazia esse seu “retiro” (cênico)??


Pois então...


*


Já na PGR em Brasília a história foi outra:


- Janot e a sua equipe, depois do sucesso contra uma certa “cordeirinha”, “perneta!” – a nossa “Presidente” (“Presidente”? Será que “presidia” mesmo??) Dilma Rousseff – esqueceram a máxima áurea de Ortega y Gasset:

"Entre o ser e o crer que já se é...

- ... vai a distância entre o sublime e o ridículo".

Pois então...


Janot e os seus acharam que já “eram”...


E eram sim...


- ... “ridículos”!



Namoraram a ideia de dar, na sequência, o “golpe juristocrático”...


Componente central do “golpe noocrático”...


E assumir a República, subjugando TODA a classe política.

(sobre “golpe juristocrático”, “Noocracia (escamoteada!)/ ‘democracia’ à iraniana” ver “‘Operação Condor II’ – judiciário-midiática! – e o alvo-mor: Lula” – 16/7/2017 – link: http://bit.ly/CondorII)

Gente!


O cara mandou prender – preventivamente! – o Sarney (!), o Jucá (!) e o Renan (!)


Com base – somente – naqueles “grampelhos” do Sergio Machado!


Não me entendam mal:


- Os tais “grampelhos” têm ENORME valor!


Mas...


- Para a História...


- Para a disputa pela “narrativa”...


- Para a luta política...


(do curto ao longuíssimo prazo...)


Contudo...


Na realidade...

- Tinham ZERO valor PENAL!


Só o que explica a “aventura” de Janot é estar bê-ba-do (!) com o sangue da “cordeirinha perneta”...


E ter achado que podia encarar esses 3 CAR-CA-RÁS do Norte...


Aqueles mesmos:


- Os que “pegam, matam e comem”.



Rá... rá... rááá..., né, Janot?


*


Bem...


Todos sabemos o final da história:


- Os 3 estão aí... “muito bem, obrigado”... e quem periga ir para a cadeia (merecidamente) é o próprio Janot!


*


Ah, a ironia...


(amo!)


*


Pois então...


Tudo isso para dizer que, com a SEMINAL troca de comando na PGR, as cartas do “jogo” são REDISTRIBUÍDAS.


ATENÇÃO:

- Sei de fonte confiável que Raquel Dodge é ‘o’ antipetismo encarnado.

Entendam bem:


- Não o antipetismo... ahn... “político”...


- Mas sim o antipetismo... ahn... “social”, digamos.


(espero que entendam o que quero dizer)


*


Entretanto...


Como todos sabemos, Dodge foi MUITO sacaneada pelos antipetistas “políticos” na sua ascensão ao poder.

(incluindo Janot, Procuradores de Curitiba e, principalmente, a Globo!)


DÚVIDAS A SEREM ESCLARECIDAS:


- Guardou mágoas?


- Quanto tem de pragmática?


- E de “idealista”?


- Tem estofo para aguentar pressão?


- É destemida?


- Ou tende à “lei do menor esforço”?


- Procurando a acomodação da inércia?

(i.e., acomodação com os poderosos interesses que terá do outro lado da “mesa” enquanto PGR...
E se sim, com quais desses interesses?
Com que configuração do “consórcio” se entenderá?
Qual a versão do “Acordão” que... RE-DI-GI-RÁ de próprio punho?
E o mais importante: com Lula “dentro” ou “fora”??)


*


O FATOR GLOBO


Como disse, não tenham dúvida:


- Se eu sei disso, os Marinho também sabem.


- Vão com tudo para cima de Dodge...


- Tentando coopta-la e começar uma “nova história” com ela.


*


GILMAR E O STF


Como grande POLÍTICO, Gilmar é MUITO MAIS “pró-amigos” do que propriamente “anti-inimigos” (PT).


Como sabem os leitores, costumamos dizer aqui no Blog que Gilmar é ‘o’ übermensch nietzschiano.

(logo ele, um germanófilo pedante! rs)

Faz o que TEM que fazer.


Sem sequer levantar a sobrancelha 1mm que seja.


Cara duríssima!


O resto do STF é quase que irrelevante para a redistribuição de cartas.


Só Gilmar conta nessa re-determinação “estratégica” do “jogo”.


Como apontei – 3 meses! – atrás, haverá sim a tentação de “delimitar onde já estava”...

(Link-prova: http://bit.ly/2f58mVg)

Mas, desta vez...


- Não só em Curitiba...

- ... como também em Brasília!

Antes, Gilmar já tinha dado “arras” a Lula da sua “propensão” para um “Acordão” INCLUINDO o PT:

(e Lula!)


- Soltou o “pai de todos os demônios”, José Dirceu, das garras de Moro...

- Com um dos seus providenciais HCs (!)


Palocci seria, justamente, o próximo na fila.


Não o foi porque Fachin – devidamente enquadrado (por quem?) – deu um golpe regimental e impediu a deliberação pela respectiva Turma.


E aí, de lá para cá, TUDO embaralhou de novo, depois do furacão JBS.


*


Com a sua estupidez, abrindo múltiplos fronts na guerra, Janot conseguiu selar, provisoriamente, um “Acordão” COM o PT dentro.


TODOS – PT, PMDB, PSDB e “Centrão” – juntos CONTRA os juristocratas.


*


Mas e agora, com Dodge??


Dúvida...


*


Lula, mais vivo impossível!, sabe perfeitamente bem que todas as “arras”, “sinais”, “fios de bigode”...

(e... “pactos de sangue”?? pffff!)


- ... empenhados ANTES foram con-jun-tu-rais.


“Declarações de intenção”, digamos...


Redistribuídas as cartas, zera tudo.


Confiar nas promessas de Gilmar de ONTEM?


- Rá... rá... rááá...


Portanto...


Lula tem que voltar a se cacifar no “jogo”.


(e fez isso maravilhosamente na Caravana pelo Nordeste, p.e.!)


Fazer-se insubstituível...


O “fiador da paz”...


E...


Para isso...


Lula, tem, paradoxalmente, de...


- ... “pintar-se para a guerra”!


*


Por enquanto, com pintura meramente “cênica”...


Mas...


Nunca se sabe o dia de amanhã...


*


Ora, nada de novo!


Já nos ensinavam os romanos:


- Si vis pacem, para bellum.


“Se queres paz, prepara-te para a guerra”!


*


(obrigado, vovô Wilson, por ensinar-me esse provérbio quando era menininho...
Muito útil!
E sempre atual, não é mesmo??)


*


OU SEJA:


(voltando ao Prólogo (2)...)


- ACABOU O BOM-MOCISMO ESTÚPIDO, DONA DILMA ROUSSEFF!


- “A JUSTIÇA (!) RESTABELECERÁ A VERDADE (!)”...


- ... É O CA-RA-LHO!!


Por favor, não continue a prejudicar o Brasil com inapetência também fora do poder!


Desculpe, amiga, mas você já gastou TODOS os seus créditos de boa vontade e tolerância com... hmmm... “aprendizado lento”...


Só estamos na atual M. porque a Senhora QUERIA que...


- ...não sobrasse “pedra sobre pedra”... lembra??


SIM, A SENHORA...


- Com a sua crença...


(um tanto deslocada etariamente, registre-se!)


- ... na viabilidade (estrutural!) de projetos bonapartistas...


- ... no “perfeccionismo filosófico”...


(qual?
O seu pessoal?
O meu?
Ou cada um dos outros 210 milhões (!) existentes (só!) no Brasil?!)

(Sobre a perigosa tentação do “perfeccionismo filosófico” ver: http://bit.ly/2j0sKLZ)


- Com o seu desconhecimento de Maquiavel...


- Da – anciã! distinção que fez entre a “ética do indivíduo” e a “ética da política”...


(e entre a hora de ser “leão” e a de ser “raposa”...)


- ... A SENHORA ERA A FAVOR DO GOLPE JURISTOCRÁTICO!


Achou que a “canetada de concursado” redentora “resolveria” o “problema” (sic) da política!


(e “daria cabo” do “peemedebismo” político, social (!) e econômico no Brasil...
Pois sabe, Dilma, quem também pensa assim?
- Não outro que o “muito cultivado” Deltan Dellagnol (!))


“Resolveria” (aspas!) no sentido de SUBS-TI-TU-IR!


E, na transição, assegurar a consolidação desse “projeto” de substituição via...


- ... coação e chantagem dos políticos!


Pelas mãos de...


(argh!)


- ... “Faxineiros éticos” (!)


*


Não sobrará pedra sobre pedra”...


*


Bem...


Ironia das ironias...


Como TODOS sabemos, a primeira “pedra a rolar” foi, justamente...


- ... a Senhora!


(pergunta para o Savonarola ou para o Robespierre que eles te explicam!)


*


Já as demais pedras...


Bem...


Parece que essas vão continuar onde estavam, mesmo...


Quase todas...


À exceção das eventuais “pedrinhas” - “totêmicas”! - esmigalhadas em holocausto diante da turba.


(Eduardo Cunha, p.e.
Aécio Neves quase entrou nessa também...
Mas, muito habilmente, se safou!)


*


“A primeira pedra a rolar”, né...


“Ah, a ironia”... (2)


(diferentemente da ironia com Janot, essa não “amo”, não...
Não amo, porque o preço da lição em Dilma Rousseff foi...
- ... o Brasil (!)
Simples assim)


*


Não só concordo com o Fernando Horta (Prólogo (1)) que Dilma saiu “muito candidamente” do poder, como ainda sou capaz de me CHOCAR com a sua – atual! – falta de noção.


(quem sabe MEU aprendizado também seja “lento”, não é mesmo?!)


- “Justiça” (sic)?


- “Reestabelecer a ‘verdade’ (sic)”?!


Ora, por favor...


Onde a Senhora estava nos últimos 3 anos?


Vendo séries no Netflix??





Capaz de os seus netinhos já estarem mais avançados no aprendizado da disciplina...


- ... “a vida como ela é” (!)


*


Ok, já entendemos...


A senhora, desde menina, tem vocação para mártir...


E acha muito honroso cair em nome das próprias crenças...


- Louvável!


Mas...


Quis o destino – bem, na verdade, Lula! – que a Senhora se tornasse um personagem político relevante no Brasil...


Está, para o bem e para o mal, inserida...


(agora já de forma “semi-mítica”: “a brava e desprendida mulher honesta que ousou enfrentar os homens corrompidos e...
- ... pereceu (para nossa redenção)”)


– ... no imaginário político desta dramática quadra da História brasileira.


Tendo nos trazido (TODOS!) até aqui com as suas atitudes e “convicções”, a Senhora NÃO tem o direito de tombar – individualmente – pelas mesmas.


“Com muita honra”...


Não mais!


Antes disso, pague a sua dívida com 210 milhões de almas e faça TUDO ao seu alcance para evitar o sucesso do golpe (juristocrático!) que a Senhora... patrocinou lá atrás!


*


Ok...


Chega de passar sabão na Dilma...


Ela bem merece (de novo: “a Justiça vai reestabelecer a verdade”?? Argh!), mas temos coisas mais importantes para tratar, não é mesmo?


Voltemos à Velha Roma:

- Si vis pacem, para bellum.

“Se queres paz, prepara-te para a guerra”!


*


Então é o seguinte:


- ENQUANTO OS ~NOVOS~ TERMOS DO “ACORDÃO” NÃO SE TORNAREM CLAROS – E SATISFATÓRIOS! – É TODO MUNDO PINTADO PARA A GUERRA!


#DRACARYS!!!


- COM LULA – QUEM MAIS? – MONTADO EM CIMA DO DRAGÃO CUSPIDOR DE FOGO!


- QUEIMANDO A PORRA TODA!


*


Haraquiri “do bem”: os Bancos nisso tudo


- Que Lula enfatize, na sua retórica, que Moro/ Dallagnol/ Palocci “protegem a Banca”!


- Ameaçando, inclusive de colocar – Oh! – Bancos e BANQUEIROS em requerimentos de convocação na nova CPMI das “Delações... Combinadas”!

(Viva, Dep. Wadih Damous!)

- Ameaçar convocar os Setúbal...


- Os Aguiar...


- Os Safra...


- Esteves...


- ... ... ...

(jogando tão baixo quanto eles:
- Convocando esposa, filha, amante, mãe nonagenária...
Pressão total!
- Raison d’État oblige!
“Ética do indivíduo” vs. “ética da política”, lembram??
É ou eles ou o Brasil!
“Aritmética moral”: meia dúzia vs. 210 milhões...
E foram eles que começaram...
Que aguentem as consequências agora...)

- Precisamos saber o que eles têm a dizer sobre como MALAS de dinheiro (novinho! Notas de 100!) são sacadas do sistema bancário – sem apitar no COAF?? – e vão parar em apartamentos na Bahia, sabe...


(e onde mais??)


- Que logística é essa??


- Cadê os registros disso tudo??


- Hmmm...



*


Bovespa em pânico


Quero ver quantos ~bilhões~ Itaú e Bradesco caem em pregão em um ~único~ dia na Bovespa...


Quero ver circuit break...


Acionado até o limite num mesmo dia!


*


Pessoal, eu já falei:


- É para ir pro pau!


O que de “ir pro pau” não ficou claro ainda?


“Ir pro pau” até sabermos o que tem pra gente na mesa a partir de agora, com a Dodge e o Gilmar...


E até lá:


#DRACARYS neles!

../../Desktop/dracarys%201.gif../../Desktop/dracarys%202.gif../../Desktop/dracarys%203.gif


E tenho dito.


*


*


*


*


“Uai, mas você mudou de posição então?!”


“Você não disse, meses atrás, que bancos são intocáveis?”





“Que ninguém quer ver corrida bancária, “corralito” Brasil, ou PROER elevado à décima potência?”


- Sim, falei tudo isso sim...

E continuo achando isso tudo aí...


Mas...


- ... em abstrato!

Na atual conjuntura...


In casu...


É para – temporariamente – desdizermos tudo isso aí de cima mesmo...


(e isso se chama PO-LÍ-TI-CA!)


Até sabermos qual é (agora...) a de:


- Raquel Dodge;


(e seu staff)


- Gilmar Mendes;


(e STF a reboque – alô, “prisão em 2a instância”, ótimo termômetro!)


- Temer e temerários;


- FHC;


- TRF-4.


(e STJ na sequência)


*


Sim, porque “qual é” a da Globo – e da Finança! – nós todos já sabemos:


- Austeridade máxima, desregulamentação selvagem, controle zero sobre abusos de poder de mercado, desnacionalização ampla (e desindustrialização) da economia e (manutenção da...) privatização da área econômica “do” (?) governo – e mais a entrega do que tiver sobrado de ativos do Estado.


(Petrobras, BB, CEF, BNDES, ar que respiramos, todas as praias dos 8 mil km da costa brasileira, o Rio Amazonas, ... ... ...)


*


Portanto, é para colocarmos todo esse pessoal aí contra a parede...


E vermos o que nos oferecem.


*


OUSADIA-BOMBA:


Poderíamos organizar até – em último caso – um test drive de corrida bancária...


Para eles tomarem um gostinho...


Tipo combinarmos um determinado dia “x” para TODO MUNDO sacar um valor “y” das suas contas correntes...


Quem sabe até comprando com esse dinheiro dólares e guardando em casa, sem depositá-lo novamente nos bancos...


Imaginem a correria!


*


HAIRCUT NELES


Isso tudo sem prejuízo de, p.e., encarnado o “cão danado” da Islândia, começar um movimento de coleta de assinaturas para um referendo de cancelamento (!) da dívida interna detida (apenas) por eles, os GRANDES credores...


Nada difícil de operacionalizar:


- Adote-se algo parecido com a chamada “fórmula suíça” do Comércio Internacional...


- Em que quem tem mais, perde mais...


- E colocando um piso mínimo de, p.e., 1 milhão de reais, para começar o tal do haircut.


Que tal?


Imaginem CUT, CNBB e MST organizando algo parecido??


*


É temerário?


É prenúncio de haraquiri?


De hecatombe nuclear?


É sim...


Mas temos que demonstrar ao “escorpião” que o “bobo” (?) do “sapo” (“barbudo”?), se tiver a certeza de que será, fatalmente, picado e morto ao deixar o “escorpião” entregue, em segurança, na outra margem, pode resolver antecipar a resolução da “coisa” e dar, ele mesmo, o mergulho fatal lá pro fundo do rio, sabe...

(aprendamos alguma coisa com o Kim Jong-un da Coreia do Norte, meus caros...)

“Taxa de desconto” baixa é coisa de gente fina...


Porque...


Afinal...


“No longo prazo estaremos todos mortos”...


Não??


*


Que tal?


Imaginem Lula, com o dom de comunicação direta com o povo que Deus (em boa hora!) lhe deu, fazendo a profecia de corrida bancária se auto-realizar, incitando o povo a... hmmm... “se precaver” e deixar o seu dinheirinho todo debaixo do colchão??


Garanto:

- Até o coxinha mais hidrófobo vai amanhecer na porta do banco!

Hahaha!


*


Em resumo:


- É GUERRA!


*


E é guerra sem Convenções (daqui...) de Genebra...


Até aparecerem termos aceitáveis de “armistício”.


*


E fecho repetindo:


- “A JUSTIÇA (SIC) REESTABELECERÁ A VERDADE (SIC)”...


- ... É O CARALHO, DILMA ROUSSEFF!!








*   *   *


- Siga no Facebook:



- E no Twitter:



*

Achou meu estilo “esquisito”? “Caótico”?

- Pois você não está só! Clique nos links para estes artigos e chore as suas mágoas:







*

A tese central do blog:



*

Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como "uma esquerdista que sabe fazer conta". Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba novos posts por email!