Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Atualizado em 7/12: O <<juízo final>> no STF hoje Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não......

Receba novos posts por email!

5.4.17

A demolição do Brasil no ~concerto~ das nações: quando começará o ~conserto~?

/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/FotorCreated.jpg


A demolição do Brasil no ~concerto~ das nações: quando começará o ~conserto~?



Por Romulus


- Vergonha para a nacionalidade: Nassif registra hoje, em nota, o choque de jurista estrangeiro que toma conhecimento do Min. Gilmar Mendes sendo... bem... “apenas” Gilmar Mendes.


- É certo que o Ministro representa a maior humilhação do Judiciário brasileiro em todos os tempos... mas isso não quer dizer que seus colegas sejam tidos propriamente como... “sumidades” na comunidade jurídica internacional.


- Ilustração infeliz: a condescendência dos representantes dos países na OMC, em Genebra, diante da falta de noção da ex-Ministra Ellen Gracie, do STF.


- Pergunto: quando é que vamos nos livrar dessa geração de “homens públicos” (sic), que fez o status do Brasil, no concerto das nações, regredir ao da moratória sob Sarney? (se não pior...)



*

Conta o Nassif hoje:


/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/Screen Shot 2017-04-05 at 13.19.03.png




<<Acabei de entrevistar o jurista espanhol Javier Garcia Oliva, professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de Manchester e responsável pelas aulas de “Introdução ao Direito e Método da Espanha” em Oxford.


Pedi que ele analisasse um caso hipotético, que viesse a ocorrer na Inglaterra.


Um Ministro da Suprema Corte vai até a casa do Primeiro Ministro, que está sendo alvo de um processo, anuncia para a imprensa que é seu amigo e adianta linhas de defesa para ele.


O jurista sorriu incrédulo, julgando que fosse uma pegadinha:


- Não tenho a menor condição de analisar. Essa situação é totalmente impossível de ocorrer na Inglaterra>>

*

Comentário:


Evidentemente Gilmar é ponto fora da curva do escárnio que representam, na atualidade, as "instituições" brasileiras (entre aspas mesmo...).


A nossa “sorte” é que, salvo Portugal, fora do Brasil ninguém sabe quem são.


Nunca ouviram falar...


Isso porque, quando ouvem, acham graça pela sua habitual falta de noção... a que os “gringos” não estão acostumados - como bem registra aqui o Nassif - em membros de Cortes Constitucionais de países relevantes.


Correm, então, o risco de se tornarem “folclóricos”, como no caso que relato a seguir.


/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/746d2a19cbba090e6fe89928a4537ce5.jpg


*

"Ellen Gracie na OMC"


(foto meramente ilustrativa)


Lembro-me, por exemplo, quando Ellen Gracie se aposentou do STF e cismou que queria uma cadeira em algum tribunal internacional... qualquer um que fosse!


Sem NEHUMA EXPERIÊNCIA OU CONHECIMENTO de comércio internacional, a brava Ellen Gracie resolveu se candidatar à vaga aberta no relevantíssimo Órgão de Apelação da OMC (!), em Genebra. Trata-se do “tribunal” revisor das decisões dos painéis, equivalentes ao 1o grau.


Ellen Gracie contou então com toda a máquina do Itamaraty para tentar se cacifar...


Lá pelas tantas, foi a Genebra, apresentar-se aos chefes de delegações nacionais (diplomatas), que fariam a escolha em nome de seus países.


Pois a “inovadora” Ellen Gracie apresentou a sua ideia "genial" para melhorar a institucionalidade da OMC:


- "Mais transparência".


E como isso poderia ser obtido?


Ora, seguindo o exemplo da...


- ... TV Justiça no seu Brasil natal!


A candidata defendia que a OMC deveria criar uma...


- ... "TV OMC": “transmitir ao vivo sessões de painéis (!) e do Órgão de Apelação da OMC” (!!), ao qual postulava.


“Assim como eram transmitidas as sessões plenárias do seu STF de origem”.


Pobre Ellen Grace...


Pois ali acabou qualquer chance sua, por menor que fosse...


Deixou clara a sua ingenuidade e, pior, desconhecimento sobre a dinâmica do comercio internacional, onde negociações de parte a parte são muito mais importantes do que o que "está na lei" (os tratados). Lá segue-se a máxima "everything is negotiable" (tudo pode ser negociado).


Pois imaginem a “inovação” de Ellen Gracie posta em prática:


- câmeras (!)...


- ... ao vivo (!!)...


- ... transmitindo esse tipo de negociação, descrita como se dando "in the shadow of the law".


(flexibilidade: “à sombra”, mas não necessariamente de acordo com a literalidade da lei).


Resultado:


A fala de Ellen Gracie despertou sorrisos condescendentes nos chefes das delegações, seguidos de um:


- Muito obrigado pela visita, Sra. Ministra.


E só!


Imagino que até hoje ela não saiba o furo que deu...


Folclore:


Pois essa história virou um clássico e é mencionada por quem a testemunhou - para nossa vergonha "suprema" - em salas de aula de comercio internacional por todo o mundo.


Não sem registrarem, ademais, o choque ao tomarem conhecimento de que a Suprema Corte de um país - tido como relevante - “transmite as suas sessões ao vivo num canal de televisão”.


Bem, como dizia Tom:


- O Brasil não é para principiantes...


Bis.
/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/746d2a19cbba090e6fe89928a4537ce5.jpg


*

Falta de noção Vol. 2 e 3


Pensam que Ellen Gracie desistiu?


Sendo mais realista, resolveu diminuir suas ambições. E passou a considerar outros tribunais internacionais, menos importantes, como a Corte Interamericana de Direitos Humanos (S. José da Costa Rica) e o Tribunal Internacional de Direito Marítimo (Hamburgo).


Salvo engano, dessa vez o Itamaraty sequer suou: desconversou e evitou um (novo) vexame.


Um colega brasileiro gaiato foi lapidar:


<<Do jeito que a coisa vai,
Ellen Gracie vai acabar candidata ao...
... Tribunal da CONCACAF!>>

/Users/romulosoaresbrillo/Documents/Fotos Artigos/Emojis/face-with-tears-of-joy.png/Users/romulosoaresbrillo/Documents/Fotos Artigos/Emojis/face-with-tears-of-joy.png/Users/romulosoaresbrillo/Documents/Fotos Artigos/Emojis/face-with-tears-of-joy.png




/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/Screen Shot 2017-04-05 at 14.07.04.png


*


Filme queimado do Brasil: imagem internacional regride à da moratória do Sarney!


Isto é: se não pior...


Mencionei certa vez, em artigo, texto do correspondente do Estadão em Genebra, Jamil Chade, que bem resume o "bem" que a atual geração de “homens públicos” (sic) fez ao Estado brasileiro no concerto das nações:


http://jornalggn.com.br/sites/default/files/u28333/screen_shot_2017-04-05_at_12.26.19_0.png
http://jornalggn.com.br/sites/default/files/u28333/screen_shot_2017-04-05_at_12.23.02_0.png
http://jornalggn.com.br/sites/default/files/u28333/screen_shot_2017-04-05_at_12.23.25_0.png

(Artigo completo aqui)


*

Gilmar de novo outra vez

/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/gilmar-mendes_1.jpg


Bem...


Para sorte do Brasil, diferentemente de Ellen Gracie, o Ministro Gilmar não parece alimentar “ambições internacionais” para além de... Portugal.


Afinal, fora da tela da Globo (e dos offs dados a Merval Pereira) ele só consegue fazer tipo é em Coimbra mesmo...


- E olhe lá!

*

“Império da Lei” e “institucionalidade” no Brasil (tudo com aspas...)


Por essas e por outras é que rio quando alguém ousa invocar conceitos como "império da lei" e "institucionalidade” no contexto do Brasil atual:

http://jornalggn.com.br/sites/default/files/u28333/fotorcreated22_1_0.jpg
http://jornalggn.com.br/sites/default/files/u28333/screen_shot_2017-03-29_at_19.24.58_0.png


(www.romulusbr.com/2017/03/dilemas-da-vida-real-nao-sao-binarios.html)


*



"Oi, chicka chicka boom, chicka boom, chicka boom..."


/Users/romulosoaresbrillo/Desktop/FotorCreated.jpg


*


P.S.:


- “demolição”...


<<"Demolição"?
Pois abram o olho
com quem quer vender...
- ... “ferro velho”!>>


/Users/romulosoaresbrillo/Documents/Fotos Artigos/Emojis/eye roll.jpg



*

Tão perto e... tão distante:




*   *   *

- Siga no Facebook:


- E no Twitter:


*


Achou meu estilo “esquisito”? “Caótico”?


- Pois você não está só! Clique na imagem e chore as suas mágoas:


(http://www.romulusbr.com/2016/12/que-poa-e-essa-vol-2-metalinguagem.html)


(http://jornalggn.com.br/blog/romulus/que-p-e-essa-ora-essa-p-e-romulus-por-o-proprio)


*


(i) Acompanhe-me aqui no blog: assine aí embaixo para receber novos posts por email!


https://lh3.googleusercontent.com/J5GR6RTZJ7pt1pkG0gIEZkqS9Zh-YP0epXqEy8zXOX1yTFAFV4RPbrk0-t08q7O9Qw7eoSaGDjC0sLzVIAhmSRv7WRvhjB6GyUxfdW0l5YjXCQhlSDhyzGjtlRx7IQtH3DlI7us


*


(ii) No Facebook:


https://lh6.googleusercontent.com/7qDhkW7kt2VUdiKDI7Fb_MN6iBzhKh3WZ6JCcpDBiYwZlfGfQirNKx1CBirbVf02S02piZuC2TquQXACfNszK5U8iHFvOAKYKh73ZzA4RA9tV3smMzTDDaGZETShHSC5D6NNJuc


*


(iii) No Twitter:


https://lh5.googleusercontent.com/qdEvmS27_bnYauukZLgaQDwCoxsttlV9VlEkqxpaB4I2K3FR7wn2l3ftcP5HcuT_8FJL2eyAhfYt7gKttSTt-v-ZyjVpxrnGRwpmzcQmWwPZqlQ2UZdD67AiWb_605U9S6S69fE


*


(iv) E também no GGN, onde os posts são republicados:


https://lh5.googleusercontent.com/YHvaoddoegv9hVMP9ntNrtER6BwiamTqYUvBA6fRMAkOwiSD0kq-3SrfOIIEVWRzPfs-H8FJ6NWFqesjopT4-XaxupwOQcB-vlaYQqsyP6_0B7zQ8JIC3FsvWTsCj15DXoNj3Uc


*





Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como "uma esquerdista que sabe fazer conta". Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba novos posts por email!