Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Atualizado em 7/12: O <<juízo final>> no STF hoje Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não......

Receba novos posts por email!

13.12.16

Onde estamos na disputa pelo Estado brasileiro: o bate-bola do núcleo duro


Onde estamos na disputa pelo Estado brasileiro: o bate-bola do núcleo duro


Por Romulus & núcleo duro

Conforme prometido, reproduzo, abaixo, o bate-bola do núcleo duro durante o julgamento do STF na semana passada e depois.

Sim, eu sei: com atraso.

Peço desculpas a todos, mas estou viajando pela Europa Central e do Leste este mês. Assim, as postagens serão mais “sumárias”.

Vai ver que tem gente que vai até preferir! (rs)

Muuuita coisa boa no bate-bola da semana passada - e para além do conflito Legislativo vs. Judiciário.

Destques:

- Análise de onde estamos na disputa entre os dois “projetos” de Estado: a (moribunda) “Nova República” de 1988 e o Reino Oligárquico-“meritocrático” dos Concursados Unidos do Brasil, montados na Globo;
- PEC 55 e o conflito distributivo;
- Reforma da Previdência;
- O desafio da luta política atual, para além da demagogia;
- Os “40 anos no deserto” até chegarmos a uma nova Constituição e uma nova institucionalidade – sem Moysés de guia!

Recomendo fortemente a leitura!

*

Romulus "Teoria do caos"... borboleta batendo asa no Acre e em SP faz furacão no Brasil todo:

Viana nega renúncia e PT estuda como apoiar a votação da PEC do Teto
JORNALGGN.COM.BR

Vamos rezar pra manterem o Renan... pq se o PT fizer isso, nao tem narrativa que cole. Eu mesmo vou ser o 1o a meter o pau.

Ciro: ué romulus virou até meme
Romulus: Ciro - o "instituiçoes estao funcionando" pressupoe a hipocrisia e o cinismo.
Romulus: Ele esta msm trollando.
Ciro: To falando, ele quer ganhar o cargo de
Romulus: O advogado é o DANIEL SARMENTO?????
Barroso na veia!!!
Ele eh o ghost writer
Td turma da UERJ!!
:-O
Esse ai quer ser uma estrelinha tb... pavao em potencial. discipulo do grao-pavao.

Molon la, hein...
Camera pegou agora
Fazendo que "sim" com a cabeça...

Ciro - As instituições estão funcionando normalmente.. olha só:

Vicente Nunes on Twitter
“Técnicos do governo estão em contato direto com investidores para acalmar os ânimos https:…
TWITTER.COM|BY VICENTE NUNES

Romulus: nao entendi o argumento dele contra o "jeitinho": fica presidente do senado mas nao assume presidencia da republica.
Falou outras coisas e ai concluiu: "por isso nao eh adequado" rsrsrs
Ja eh vacina pro acordao desta madrugada
A Rede virou mesmo o lobby da Globo em BSB. Barroso sempre foi o advogado da Globo.

Quanta hipocrisia... td mundo sabe que se esta julgando, em 1o lugar o golpe judicial/lei de abuso, e em 2o a PEC 55. E só.
E ele citando filosofos do constitucionalismo...

>>Advogado do Senado

Tania: Ótimo falar do atrito entre os poderes!
Romulus: ihhh
Romulus: esse chegou pra gritar q o rei ta nu!
Ja sou fã
Pegaram o nome?
Alberto cascais...
Vou googar

Maria: Advogado do Senado, só isso que ouvi! Mas ta mesmo dizendo que o rei ta nu!

Romulus: eh in-house do Senado
Advogado da casa
Nao de escritorio
Ele vir falando isso eh posiçao institucional...

Maria: “Não pretendemos estar aqui pra desafiar essa corte!” Não??

Romulus: o pessoal do outro lado da praça nao ta pra brincadeira nao

Ciro: O Sarnento não foi lá muito feliz, esse tá bem melhor (minha opinião de leigo)

Maria: Não vi o Sarmento.

Ciro: quando alguém tem que citar "mulher de césar" em julgamento é pq realmente tá sem lá muito argumento.

Romulus: O Sarmento foi bela oratoria sem conteudo nenhum
Bem esse pessoalzinho msm...
So demagogia...

>>PGR – Rodrigo Janot

Romulus: Janot discorda de que “haja atrito entre poderes”!!! eu nao posso!!

Romulus: "Instituiçoes estao trabalhando, operando, dentro dos seus limites"

Tania: hahaha data venia

Romulus: Morri...

Romulus: HAJA HIPOCRISIAAAAAA

Ciro: Romulo, estão operando dentro dos limites sim, dos que eles estabeleceram para si. Judiciário manda, executivo fica com a culpa e o legislativo vai para a cadeia.

Romulus: o "instituiçoes estao funcionando" saiu da midia e agora entrou em ata! <3

Romulus: e eh aquela maxima da thatcher: se vc tem q dizer q estao funcionando eh pq nao estão

Giselle: Gente, nem a Bela Adormecida é tão ingênua qto Janot sobre a normalidade das instituições brasileiras

Romulus: ingenuidade nao... cara de pau

Romulus: ng deu um argumento bom ainda contra o jeitinho


Romulus: Se entendi bem, o argumento do Janot eh q "a sucessao pode se dar a qqr momento... por isso tem que ser automatico"

Romulus: nao entendi a conclusao a partir das premissas rs

Maria: É isso que eu ouvi também!

Romulus: Porra!

<<Deram um JEITAO pra tirar a Presidente eleita do cargo e ele agora nao quer permitir um jeitinho pra manter o Renan??>>

Romulus: Que falta de flexibilidade eh essa?

Romulus: Quer cortar a criatividade brasileira?

Romulus: So agora???

Giselle: O Janot faz a acusação, pega pesado entende que Renam deva ser afastado e mantém sua pose de MP "ético"

Ciro: já tava anunciado isso.

Tania: Joga a batata quente pros ministros.

Romulus: de fato eles nao tem nenhum argumento contra o "jeitinho"

Romulus: so ficam repetindo "nao pode... nao pode!"

Romulus: Da pra ver que eles nao contavam com o "jeitinho"

Romulus: tavam com as peças prontas ja

Romulus: tao lendo oq ja tava pronta e colocando o "caco" contra o jeitinho

Romulus: so que totalmente sem fundamento... rs

Romulus: ta ridiculo. Joao sem braço

Maria: “Prerrogativa do cargo, não da pessoa”. ah hã! “Não degradar as funções da República, uau!”

Romulus: "exemplo para crianças e adolescentes"

Romulus: eu nao aguento!!!!

Romulus: "assumir a Presidência ainda que transitoriamente..."

Romulus: eles nao conseguem atacar o jeitinho

Romulus: JANOT ta achando q ta mandando bem mas ta mandando mal

Pode ate ganhar a batalha

Mas vai ficar em ata o PGR falando q o Legislativo descumpriu decisao do STF

Isso nao muda nada dos votos

<<Mas ele registrou em ata o fim do "instituiçoes estao funcionando">>

Romulus: quando digo que a galera nao eh inteligente... eh pq nao eh msm

Romulus: "pau que da em chico"???
Romulus: Cade o Aecio, JANOT??????

Giselle: E o pau vai dar no Aécio?

Giselle: Ele não ia ser o primeiro a ser comido?

Ciro: Existe um problema,

<<JANOT personaliza a situação ao Renan quando a mesa diretora inteira se recusou a aceitar. Vai prender a mesa inteira?>>

Tania: Sim, foi um ato do Senado.

>>Marco Aurélio

Giselle: Marco Aurélio é ótimo! Registrou que Renan não o chamou de juizeco

Romulus: teve alguem q chamou o Moro de juizeco

Romulus: quem foi?

Romulus: nao to lembrando

Giselle: Renam

Romulus: eh a isso q ele se refere, com ironia

Maria: Ótimo isso! E ainda diz que vai ficar registrado em ata!

Romulus: to na duvida agora se ele ta trollando msm ou nao... o MAM... essa do juizeco foi uma passada de mao na cabeça dos juízes

Tania: Romulus: o juizeco não era o Moro, era um de Brasília. Outra história.

Tania: Romulus: Qdo prenderam o pessoal do Senado.

Giselle: Foi o juiz q determinou a busca e apreensão na polícia legislativa no Senado

Romulus: Tania: vdd

Renato Era OUTRO juizeco. ;-)

Romulus: mas de qq forma nao muda oq MAM fez. Assumiu o lado dos juizes contra a ofensa do Legislativo

Romulus: to achando q MAM nao tava trollando nao, hein

Romulus: lembrem q ele eh juiz de carreira e encaixou a filha no TRF do Rio

Maria: Ixe! E ai, o que muda na votação? Um voto a menos, fatal?

Romulus: nao... so tamos especulando sobre as razoes dele

Romulus: os votos tao contados

Romulus: ele nao ia votar contra si ja rsrsrs

Romulus: afinal, foi ele quem deu a liminar

Giselle: MAM é critico aos caminhos atuais do Judiciário

Romulus: a duvida era se Marco Aurelio tava no golpe judicial ou nao

Romulus: ainda nao ta claro

Romulus: mas esse "juizeco" gratuito... sei nao...
ainda mais num caso tao absurdo quanto aquele da policia do Senado

Giselle: MAM É contra protagonismo de juízes, fez várias criticas e alertas na época do mensalão

Ciro: O MAM é contra o protagonismo de juízes que não sejam ele né?

Romulus: hahaha

Giselle: Sim, Ciro! Rsrsrsr

Maria: Ah, o ego!

Romulus: A imprensa disse q sim. Que seria 5x4. Temos q esperar.

Maria: Mas da pra confiar?

Romulus: na imprensa? de jeito nenhum

Ciro: a imprensa já tá colocando a culpa de eventual "arrego" do STF no Temer. Até o noblá-gagá-

Romulus: NOBLAT ja ta falando? entao ja tao realizando o prejuizo...

Romulus: otimo!

Giselle: MAM trazendo no voto o resultado do julgamento de Eduardo Cunha, o precedente de sua decisão para afastar Cunha. Quero ver esses caras votarem por Renan


Ciro:

Blog do Noblat on Twitter
“A possível decisão de tirar Renan da linha de sucessão de Temer, mas deixá-lo no cargo foi…
TWITTER.COM|BY BLOG DO NOBLAT

Ciro: Se o Gilmar não voltou para votar é pq o temer e o Jucá estão bastante seguros com o resultado da votação, senão o Gilmar voltava para votar.

Romulus: exato

Romulus: disse q ele perguntou pra carmen lucia se precisava voltar

Romulus: msm se o barroso votasse

Romulus: a carmen lucia desempatava o 5x5 votando pelo jeitinho


Romulus: Mas agora falando friamente... eh evidente q aquele argumento para tirar o cunha era fraquissimo. Entrar na linha sucessoria eh algo acessorio à funçao. Nao principal. Tira-lo do cargo apenas por uma eventualidade eh gravoso demais. A nao ser como desculpa a ser dada para mascarar decisao com outros fundamentos... ¬¬

E agora a Historia se repete como farça. Resta ver se tragedia tb.


Romulus: Eh evidente q tirar da linha eh mais q suficiente

Ciro: Cunha foi um casuísmo total - eles apostavam que a Câmara ia acabar resolvendo no conselho de ética e etc.. mas não resolveu. Aí chegou um nível de insustentabilidade e eles resolveram fazer essa gambiarra de sucessão sálica na república...

Romulus: "sucessao salica" <3 <3

Ciro: Tá vendo, eu consigo arrumar um argumento jurídico!

Romulus: vc eh o meu polimata favorito!

Romulus: trollagem do MAM: "qual a diferença (do Cunha) pro Renan???"

Romulus: <3

Romulus: hahahaha

Romulus: olha ai, Giselle

Romulus: o q vc queria ouvir

Romulus: "variaçao inconcebivel" "total desprestigio do STF"

Romulus: <3

Romulus: hahaha “ng foi notificado”! Nem Vianna nem 1o secretario!

Romulus: "triste exemplo pros jurisdicionados em geral"

Romulus: pq antes so tinha bom exemplo, neh... principalmente ali na corte dele...

Romulus: ¬¬

Ciro: O MAM dizendo que não inovou (e isso sendo verdade) é uma trollagem brilhante!

Tania: Ele insiste e deve incomodar um bocado.

Romulus: "liminar do Teori (Cunha) dada pela manha e confirmada à tarde" TROLLLLLLLLLL

Romulus: <3

Ciro: Mas sério agora,

<<é um problema crônico desse país - fazer soluções estruturais/institucional para resolver problemas conjunturais. Entra em todos os âmbitos - econômico, jurídico, etc... Quer resolver um problema conjuntural - arruma uma solução conjuntural - não inventa outra institucionalidade que depois dá merda>>

Romulus: EXATO!!

Romulus:

<<E VICE-VERSA: mudar a institucionalidade por causa da conjuntura. EX: PEC da bengala pq a Dilma iria indicar mais 5 ministros>>

Romulus: "famoso jeitinho brasileiro"

Maria: A PEC não é exatamente isso?

Ciro: Exato Maria, o teto de gastos foi parido pelo Nelson Barbosa. Agora ele não era louco de botar isso na constituição né? Esse tipo de coisa que destrói tudo.

Romulus: MAM ta fora do acordao msm. Ta ressaltando muito os caras terem fugido dos oficiais. Ele magoou.

Romulus: Podia "jogar para perder" mas combinado... mas não... tá sendo “mal perdedor”.


Romulus: Ele ta constrangendo ao maximo. Com essa do oficial de justiça + jurisprudencia do Cunha

Romulus: "a que preço essa blindagem pessoal?"

Romulus: UIIIII!

Romulus: MENCIONA CADA UM NOMINALMENTE

Romulus: "a palavra esta com o colegiado"

Tania: Touché!

Romulus: "biografia" + "institucionalidade/historia do STF"

Romulus: eita! Ta professoral!

Romulus: hahaha
falou pra mandar o voto dele em separado pro PGR por causa do lance da notificaçao

Romulus: porque...

<<MAM sabe q o "acórdão" vai se um ACORDÃO!>>

Tania: Romulus: Cai só um acento hehe

Ciro: É trollagem mesmo. Tipo assim, vcs pariram essa nova constituição, agora banquem ela...

Maria: Quando digo que é coisa de trickster ou Exu...

Ciro: Depois disso, Carmen Lucia, o vampiro brasileiro, ficou constrangido e teve que chamar o lanchinho até....

Romulus:

<<Mas notem bem: "acordão" pressupoe contrapartida...
Lei anti-abuso de autoridade sobe no telhado e Renan passa a PEC 55>>

Ciro: Claro, a passagem da PEC e engavetamento da lei do Requião - isso que foi pactuado.


Ciro: olha aqui como as instituições estão funcionando normalmente. Basicamente trocaram a PEC 55 por adiar a terceirização...

video


Romulus: Ah, a politica....

Ciro: Do mesmo jeito acontece do lado de lá.. olha o goldfajn sendo enquadrado...

Ilan Goldfajn: juros vão cair em 2017 e crise institucional afeta o mercado…
OSDIVERGENTES.COM.BR|BY IVANIR JOSÉ BORTOT

Ciro: a classe política brasileira decidiu que a PEC é a solução.. não apenas para a economia mas também para fugir da cadeia...

O problema é que ninguém sabe o que fazer. A Nova Matriz Econômica foi um desastre. Pularam para essa alternativa - a austeridade. Vai ser outro desastre. Mas a falta é de criatividade. Como alternativa a um desastre eles oferecem o outro que tb não deu certo....

Ciro: e a gente tem particularidades histórico-estruturais que inclusive dificultam ainda mais qualquer solução "heterodoxa".


Romulus: voltaram os supremos rs

Romulus: começa com o Rolando Nero (by Ciro) louvando o MAM

Tania: Hahahaha

Giselle: Discrepância no voto de Cunha. Kkkkkk







Romulus: postei esses prints do NOBLAT pelo seguinte...

Pq a Globo quer tanto a cabeça do Renan? O cara sai daqui a 1 semana!
Sera q temem que ele traia o acordo de matar a Lei do abuso?

Romulus: nao faz sentido o Noblat estar insuflando tanto a turba contra o Renan/STF

Romulus: E Temer!

Maria: Pode ser sim por causa da lei do abuso. Mas será só isso?

Romulus: So consigo pensar nisso. O mandato dele de presidente acaba daqui a 1 semana, nao eh?

Romulus: de relevante pra votar so isso e a PEC.

Maria: Contra o Temer tb? Então será pelo PSDB, não?


Romulus: Nao... o PSDB nao quer o calice. Ao menos nao ainda.

Romulus: O ideal pra eles era manter alguem - outro - que fizesse td que eles mandassem. Por isso fragilizam Temer c/ Calero / caixa 2 / protestos pro-Moro, etc

Romulus: O Temer seria o ideal... o problema eh... que eh o Temer! Ele ta se implodindo sozinho. E mais rapido q o esperado.

Romulus: gente, o Decano Celso de Mello eh chato demais...

Romulus: leva pro museu.

<<Celso de Mello, o Decano, sempre vem com essa de rever todas as constituições republicanas, para dar interpretação histórica... como se essas porcarias tivessem algum valor. A primeira Constituição brasileira que efetivamente tinha valor normativo, a de 88, ele e seus colegas ajudaram a matar. Vai tomar banho...>>

Maria: Notaram o lapso freudiano? Previram o afastamento dela.. dele... por haver alguma acusação de...

Maria: Justificando a posteriori o silencio no impeachment da Dilma??

Ciro:

<<A questão real de Globo x Renan não é específica ao Renan. É a questão de judiciário x legislativo. Eles querem ser o "Conselho Guardião" tupiniquim na revolução togada da nova sharia teocrática e dizer quem pode ou não ser candidato. É institucional a questão>>

The Guardian Council of the Constitution[2] (Persian: شورای نگهبان قانون اساسی‎‎, Shora-ye…
EN.WIKIPEDIA.ORG


Romulus:

<<Concordo totalmente com vc, Ciro. A questão eh sim institucional. Mas então, pensando um pouco mais, o jeito de conciliar as duas coisas eh pensar que o ponto era provar o poder de fogo. A Globo tentou tirar o presidente do senado (quem quer que fosse), usou toda a sua artilharia, e fracassou.
Então esta tentando insuflar a turba para tornar a "vitória" o mais cara possível para quem a derrotou.
Concordam com a tese?>>

Ciro:

<<Sim - e desmoralizar ainda mais todas as instituições de Brasília (inclusive o STF) para quando vir o NOVO STF com um supremo líder moral... Moral de relativo a Moro...>>

Ciro: Tem que justificar a nova constituição que será promulgada em breve né? Não dá para dar golpe sem isso....

Maria: Concordo, R. E se não houvesse essa divergência em relação às aparencias e as narrativas, não haveria luta política, não?

Romulus: to aqui pensando... o Celso de Mello pediu pra mudar o voto dele na ADPF que esta em vista com o Toffoli (nao o do Cunha), em q ele tinha votado antecipadamente, pq era de fato ridiculo ele votar diferente hj e manter o outro. Como o julgamento nao acabou, ele ainda podia mudar.



Romulus: BINGO. Acertamos, Ciro

Tania: A barganha se realizando.

Romulus: Entao a gente fica com PEC 55, sem lei de abuso, mas sem a Globo ter conseguido tirar o presidente do Senado quando quis (de novo! Globo ja eh freguesa do Renan...)


Romulus: E essa postura "ma perdedora" da Globo mais uma vez mostra a imaturidade dos Marinho jr. "raivinha"...
O Marinho pai teria entrado no acordao e tirado um tasco.
Eles ainda vao enterrar a Globo... o problema eh q ta demorando mto.

Romulus: Rosa Weber, coitada... fico sempre com pena.

Romulus: Insegurança palpável

Romulus: Acho q foi a pior indicaçao da Dilma... ok, barroso e fux sao FDP e traidores. Mas ao menos um eh um malandro e o outro tem produçao pra estar la. Essa, coitada... so se expoe. E vota pro lado do "mal" do msm jeito

Romulus: Fux... eh o malandro carioca na pior acepção do termo

Romulus: DO QUE QUE ELE TA FALANDO DO CASO DA COREIA DO SUL, JESUS?????
Ciro, segura a minha mao!!!!


Romulus: Vou pronunciar o resultado da rodada: a briga "golpe no golpe" x "classe politica" ficou no 0x0. Confere, gente? Todos se mediram no conflito, mas nada mais. A tensão continua. E a gente “fica no aguardo” do PSDB iniciar a "Operação Barbarossa" pra cima do PMDB. Por enquanto continua a partilha da “Polônia” rs

Maria: Concordo mas na prática, o resultado do voto, um a um, vai decidir se o Renan.

Romulus: nao, esse jogo ja ta jogado.

Romulus: agora eh so bla bla bla

Maria: Você tem uma confiança nos acordos que eu não tenho, por mais que pense política (ou por isso mesmo...)

Romulus: nao eh so isso... vc ve pelas atitudes de quem ja falou ate agora...

Romulus: e o Senado ja entregou a sua parte

Romulus: O engraçado eh soh ver as desculpas que eles estao inventando pra mudar o voto em relaçao ao Cunha e à ADPF original.

Romulus:

<<Agora o Fux vem com "momento excepcional da institucionalidade". Mas as instituiçoes nao funcionavam ~ normalmente ~ ??>

Romulus: <3

Tania: Romulus: Estou dando risada aqui!

Romulus:

<<O engraçado eh notar que o advogado do Senado veio pintado pra guerra... "conflito entre as instituições", lembram? Ou ele se preparou antes de sair o acórdão ou o Senado quis mostrar os dentes, mesmo já tendo acordão. Mais provável que seja um pouco dos dois>>

Tania: Romulus: Acho que o acordão foi sendo costurado depois. De todo modo, ele veio marcar uma posição.

Romulus: Gente, o Noblat ta louco!!
Ha quanto tempo ele cobre politica, hein?
Parece o Escosteguy, que acabou de sair da puberdade!
Nao sabe perder... que coisa...

Romulus:

<<vai dar 6x3 então neh... por isso q a globo ta puta. Não perdeu de pouco não...
Tinha “aceitado” 5x4... facilitava a sua narrativa e o seu cacife dentro do Consórcio do golpe no golpe. 6x3 mostra que a classe política ainda tem poder de fogo relevante>>


Romulus: Agora notem:

<<Os q votaram com MAM são os que são mais suscetíveis à pressão midiática: Fachin, Weber (e Barroso espiritualmente)>>

<<Vamos ver se o STF vai se engraçar com a msm leviandade no futuro... possivelmente o tal voto do aborto do Barroso nao sairia se fosse depois deste julgamento>>

Maria: Acho que o discurso da Carmen Lucia tão conciliador, não é mesmo?

Romulus: Sim, mas...

<<O recheio da fala “conciliatória” de Carmen Lúcia eh "este STF eh o garante da governabilidade (do golpe)">>

Romulus: nao viu esta parte do "deixar um pais melhor - AO MENOS PARA AS PROXIMAS GERAÇOES"?

Tania: Um Brasil melhor pra quem?

Maria: É, ao menos. Isto é, das que sobrarem, porque tendo que começar a trabalhar aos 15 anos e pagar contribuição previdenciária, acho que um monte vai ficar no caminho...

Romulus: Fico na duvida se o resultado da rodada foi 0x0 ou 1x0, um pequeno ganho pro "nosso campo" (argh!) por ter desmoralizado um pouco a Globo, o STF e os Lava Jato, que saíram pra pedir a cabeça do Renan. Por outro lado, perdemos o abuso de autoridade.


Giselle: Para mim o resultado do jogo foi a vitória de Renan e MAM

Romulus: Sim, na dimensao individual sim... os dois "opostos"

Romulus: sempre falo isso aqui em casa... as pessoas nao entendem que "sem bolsonaro nao tem jean wyllys e vice-versa". Toda vez que os dois batem boca ambos saem ganhando.

Tania: Romulus: Princípio do Ying/Yang.

Giselle: Renan: 1. Mostrou que não são coxinhas nas ruas que decidem. 2. Mostrou que o legislativo e os políticos (tão odiados hj) fazem o que querem, 3. Detonaram o GM, 4. De quebra mostraram para a Globo que ela pode manipular, mas até onde eles permitem

Romulus: Ou, ao menos, que tem que sentar pra conversar com eles.

Romulus: Vale a pena escrever um post? Seria so o "balanço da rodada"

Romulus: falando do acordao e do resultado do 1x0 "com vies de baixa" p/Globo/Moro

Romulus: e pedindo pro Renan trair!!! hahahaha

Romulus: mas ele nao vai trair nao... afinal sai da presidência agora e o STF está cheio de processo dele

Tania: Ele é um bom articulador.

Giselle: Romulus: não precisa ser ele, o próximo que assumir poderá colocá-la em pauta. Só a retiraram da urgência, mas ela permanecerá em tramitação.

Romulus: essa lei eh fundamental... quanto antes, melhor. Lembrem que o Moro continua com o processo do Lula

Romulus: Mas outro dia falava com o Ciro... ele perdeu a janela de oportunidade de prender o Lula. Depois da Guerra campal em BSB com a PEC, se ele tiver juízo ele não prende o Lula.
Romulus: mas a gente sempre tem q lembrar que ele nao eh mto esperto
Romulus: por isso nao da pra supor mto usando a nossa logica.

Giselle: Eu e Pollyana achamos que o resultado foi mais positivo para o nosso campo. Não vi 0x0. Não foi goleada, mas o discurso de MAM, e segundo informações os discursos titubeantes dos ministros e o gaguejante da princesa Disney colocaram o judiciário na real, pelo menos o STF.

Giselle: Legislativo mostrou força e ainda disse que não cumpre decisão judicial que não interessa a eles. O discursinho do decano sobre ter que cumprir decisão judicial ficou de mimimi

Giselle: Minha esperança está na exposição destas figuras, mas não sei se seremos capazes de enxergar as contradições. Uma grande amiga, de esquerda, me disse que até pouco tempo não conseguia enxergar a atuação direta do Jud. no golpe. Ela é formada em ciência política.

Tania: Gente! Mas é tão evidente que sem a lavajato e a omissão do STF no golpeachment nada teria ido pra frente!

Romulus: logico!!

Giselle: Pois é, mas as pessoas têm dificuldade em entender a ação direta, pq se revestem de "legalidade".

Romulus: Giselle, pode ser que por nao ser advogada, ela nao veja o quanto eles distorceram leis e a Constituiçao pra fazer tudo o que fizeram ou deixaram de fazer. Pra gente eh mais facil. Fica claro.

Ciro:

<<Derrota significativa da lava jato, do janot e da mídia. Se vai ser mais significativa a longo prazo é difícil de dizer. Tipo a votação do sobre rito do impeachment ano passado. Na época foi vitória da gente... Depois não adiantou nada>>

Romulus:

<<Ciro, concordo com a sua avaliação. 1x0 pra gente, com 2o tempo pela frente ainda tenta traduzir o que vc disse.
Se eles tivessem conseguido tirar o Renan, tinha acabado: era o Ato Institucional No. 1 do Reino da Oligarquia Concursada do Brasil.
Como perderam, a gente teve uma vitoria tatica. Nesta rodada...
A gente tem q ver se eles (todos... politicos/STF/Temer) vao resistir a essa nova onda de assalto.
Em parte eh bom, para os do STF verem como a midia e "as massas" (?) sao voluveis... quem sabe fiquem com pe atras (duvido).
Entendam a "raivinha" da Globo/Moro: chegaram MUITO perto da vitoria e lhes escapou. O jogo continua...>>

Giselle: É uma reação! A Globo está detonando o STF, vão colocar eles na mira dos coxinhas fascistas.

Giselle: Globo exigindo que judiciário deveria ouvir a " opinião pública "é o fim.


Ciro: A reação foi rápida, MUITO RÁPIDA. A república do moro-janot não perde tempo:

Custo Brasil acha e-mails de investigado para Toffoli
POLITICA.ESTADAO.COM.BR

Romulus: gente... td tao repetitivo, neh...

Romulus: Giselle:, onde vc ta vendo globo detonando o STF? Na TV?

Giselle: globonews

Ciro: Toda a mídia detonando, inclusive o PT aproveitando para queimar o Temer (que tb tá apanhando na mídia) com isso.

Giselle: Acaba de sair uma decisão do TCU impedindo a venda dos ativos da Petrobrás,

Giselle: TCU impedindo a entrega da Petrobrás ao mercado, levantando, inclusive, suspeita sobre à venda dos ativos da empresa, os quais seriam para diminuir a crise, segundo o Parente.



Romulus: TCU ta no esquema... o merito ta certissimo. Eh isso mesmo... tao vendendo td com desagio. Mas... como o TCU "eh de casa", baluarte do golpe em Dilma, podem estar criando dificuldade pra vender facilidade.

Romulus: Nesses ai nao confio nem um pouco... ainda menos q STF.

Ciro:

<<No "nosso lado" - e sobre nosso não falo de esquerda ou direita, falo no lado de manter o mínimo de institucionalidade - o fato do descrédito do STF perante a opinião pública respinga para todo o judiciário, especialmente no dia seguinte da foto do Moro com Aécio. Pelo menos "guardiões da ética" eles não são mais na frente de boa parte da população>>

Ciro: Globo batendo geral olha só..

OGLOBO.GLOBO.COM

Ciro: E a catanhede tá tentando convencer o público da globonews que tudo foi coisa do PT armada pelo Jorge Viana com a Carmen Lucia.

Giselle: Catanhêde é paranóica, tem tara c o PT.

Romulus: HAHAHAHA VCS JURAM?? ESSA MULHER SEMPRE SE SUPERA!

Romulus: disputa com o merval

Romulus: o escosteguy falou q chega no fundo do poço e o poço nao tem fundo

Romulus: <3

Romulus: ta revoltado com a "rebeliao do Renan, com o APOIO DE OUTROS SENADORES"

Romulus: esta escandalizado com o STF ter "buscado acordo com um senhor que eh acusado de chefiar uma organizaçao criminosa"

Ciro: Por isso que a defesa da institucionalidade é tão difícil hoje em dia... como é que eu vou explicar para minha mãe que o STF na realidade fez a coisa certa em MANTER RENAN CALHEIROS (aquele) na presidência do Senado. Nem tento. É mais fácil converter ela ao islamismo e dar um véu...

Ciro: os "expoentes" são exatamente iguais a população... Acabou o mundo de Roberto Campos, a gente tem que lidar com Miriam Leitão mesmo...

Romulus: ARGH... :-/ pior que eh

Romulus: cara, nao tenho nem ideia de como passar isso pra populaçao. Ciro tem razao. Mais facil converter tds ao islamismo.

Ciro: Afinal de contas, trata-se de TIRAR RENAN CALHEIROS... né? a gente não pode perder isso de vista.

Maria: É o que eu tento fazer todo dia quando "traduzo" e publico vc no FB...

Romulus: pois eh... eh oq tento fazer td dia tb escrevendo... mas da vertigem quando a gente olha o tamanho do desafio.

Maria: Quando eu digo que é preciso aprender a lidar com a ambiguidade e a contradição...

Romulus: sendo pratico... no Brasil, a unica saida seria um Dom Sebastiao chegando e botando o pau na mesa. Um Lula pos 1a eleiçao...

Romulus: Fora disso, acho dificil mexer nas engrenagens

Romulus: como vender algo contra-intuitivo pra pessoas que nao tem sequer educaçao formal?


Maria: Dom Sebastião ajudaria. Mas tambem aprender a ouvir o que diz o outro.

Romulus: Maria Lucia Mont

Maria: A tal da "educação formal" é parte do mesmo discurso que chama o Lula de analfabeto. E esse papo de contra-intuitivo também não cola. O que é preciso entender a outra linguagem que não é a da educação formal e o outro uso da intuição.

Romulus: Maria , o que eu to falando eh que...

<<Dificuldade: o que NOS QUEREMOS VENDER eh contra-intuitivo. Eh contra-intuitivo dizer que o "juiz eh o bandido" e que o "Renan eh o mocinho". Lembra da minha tia? Mais contra-inuitivo ainda eh dizer que “NAO TEM MOCINHO NEM BANDIDO. Tem – apenas – jogo de poder”>>


Romulus: eh isso que eu to falando...

Ciro:

<<Tem que ter mocinho e bandido... Tem que ter o bichinho do He-Man contando a moral da história. Faz parte da narrativa da motivação. Você tá querendo que toda a humanidade se torne um Ubermensch nitzchiano.. não estão preparados...>>

Romulus E Maya Vermelho Tania...

<<Vejo todos os debates da França na TV. Nao so pq eu me interesso por politica, mas pq eh verdadeiramente um prazer. Vc nao tem noçao. Eu fico falando sempre ao final da diferença de nivel e, principalmente, do recurso BEM menor à demagogia. Da um pouco de cansaço de pensar que a gente nao vai viver pra ver um debate desse nivel no Brasil. Msm pq nem nos EUA o debate eh do nivel do que se ve na França. Debate nos EUA ta mto mais perto do nivel do BR do que do nivel daqui. Mas isso tb eh algo "ruim"... o debate tem um nivel excepcional pq ele eh elitizado. Os dois lados estao falando para as duas aristocracias. De esquerda e de direita. Os jovens dos "quartiers sensibles" (eufemismo ridiculo) tao em outra... nenhum ta vendo aquilo. Nem votam. E seus pais imigrantes tampouco>>

Romulus: Vcs ja leram "A Festa de Babette"? As vezes eu tenho um pouco da esquizofrenia (e da culpa) dela...

Romulus: Ciro, eu nao to querendo que todo mundo vire Ubermensch nao... eu sei que eh impossivel e eh isso q eu to falando pra Maria. Eu to querendo encontrar um atalho enquanto nao chega o “Dom Sebastiao” pra nos salvar.

Tania: Mesmo a nossa elite é despolitizada. A maioria não tem informação boa e só enxerga o interesse de classe.

Romulus: Tania, verdade...

<<Por isso que meto o pau na elite brasileira e chamo de jeca e pedante. Eles enchem a boca pra falar q Lula nao tem diploma mas sao infinitamente menos capazes q ele. A gente tem uma oligarquia sem ter uma aristocracia. Eles sao eternos nouveau riche... de geraçao em geraçao...>>

Tania: Exatamente.

Maria: Essa é uma conversa longa, sobre moral, mocinhos e bandidos, narrativas heroicas ou abjeção, que não dá pra levar aqui, mas alguma hora vale tentar pensar nisso. Só um toque pro R sb a Fête de Babette. Esquizofrenia? Acho que não. Ela queria genuinamente dar pra aquela gente o que ela tinha de melhor, em retribuição ao melhor que tinha recebido, como acolhida. Mas estava dividida entre 2 mundos estranhos demais entre si, o dos dominantes maiores (afinal, era da corte do rei que ela vinha) e uma gente pobre do fim do mundo. Entendo que você se sinta como ela. Tenho um amigo artista plástico, do qual já te falei por escrito, quando foi me visitar em Londres, que resumia assim a contradição: Nunca sei se quero ir tomar champagne e comer caviar com os diplomatas de Brasília (ele morava lá), que seria como estar na corte dos papas renascentistas, ou ir pra rodoviária e achar lá o pobre mais pobre e leproso pra beijar na boca e dormir com ele, como prova da minha humildade cristã e franciscana. E não era só conversa. Artista, quebrado, sem grana em Brasília, um dia descobriu que não tinha nem comida em casa, mas por acaso havia uma garrafa de champagne na geladeira. Aí decidiu que ia tomar banho com o melhor sabonete (nem perfume tinha), se vestir chiquíssimo, pegar a garrafa e ir pra casa do cliente mais rico pra quem ele pintava o retrato da mulher dele. Foi "oferecer" de presente pro cara! Que achou ótimo o grand geste e o convidou pra um jantar maravilhoso na casa dele. Mas já acontecer daquele maluco beleza tirar a roupa do corpo pra dar pra um pobre na rua. Frágil, franzino, doentio, faltou pouco pra pegar uma pneumonia,, mas fez isso tão integralmente sendo ele mesmo como quando da visita pro diplomata rico...

Romulus:

<<Li a Miriam Leitao falando sobre Reforma da Previdência... essa nao eh “burra” nao. Eh maliciosa msm...
Ela fala que "o governo pequeno e impopular resolveu enfrentar o tema de longo prazo das aposentadorias" mas critica que "os militares foram deixados de fora".
Ela nao consegue ver causa e efeito nem na cara dela?
Eh justamente por ser impopular e fraco q a reforma vai cair em cima de quem nao tem representaçao e vai preservar quem tem fuzil em casa. Fazer uma reforma de longo prazo com um presidente a titulo precario eh que eh o erro. Se ela nao visse isso, seria “burra”. Mas nao eh... entao so fala de militares pra fazer jogo de cena. Tem que pegar os militares e a casta juridica do Estado. Como fazer isso sem apoio popular?>>

Ciro: Isso não entra em questão para eles - não colocam em questão legitimidade, democracia nem nada parecido. De fato, a deslegitimidade é vista como uma oportunidade.

<<E é a estratégia, lembra que para o economista, não é uma questão qualitativa é só quantitativa... "Não morrerão mais de um milhão de pessoas, e isso não será o bastante para resolver o problema... Ou seja, ela tá fazendo "lip service" para a inclusão dos milicos...
Para economistas só importa o lado direito da planilha fechar com o lado esquerdo...
É deliberado, a PEC "disciplina o conflito distributivo". Disciplina assim: quem tem mais poder fica com mais, quem não tem se fode e se sacode...>>

Ciro: Agora é acusar uma hipócrita de hipocrisia, é da natureza deles...

Romulus: Ciro: pq tb daqui a pouco tinha escracho na casa dela rs
ela nao eh boba.
O Brasil vai virar uma grande Atenas e ela sabe.

Romulus: Ciro, mas o ponto eh que a deslegitimidade impede que façam a reforma que ela “quer”. O próprio texto dela é contraditório por isso.

Ciro:

<<No fundo "só Nixon pode ir a China". E por isso (hoje em dia) só o PT podia fazer a reforma da previdência. Tem que acontecer de forma pactuada>>


Giselle: O que me preocupa nesse momento é ganhar força a ideia de ascenderem ao STF só os ^meritocraticos^ concursados, como eles almejam. Imaginem o STF com 11 Moros?!?!?!

Romulus: Isso so passa se eles conseguirem realmente deixar os politicos de joelhos e pelados com as maos amarradas pra tras...

Romulus: porra, ate nos EUA o presidente indica quem ele quiser pra SC.

Ciro: Indicam quem quiser, o Senado só aceita quem quiser tb e minoria bloqueia muito.

Romulus:

<<Depois deste ano entao eh que nunca mais ng vai brincar em indicaçao pro STF no BR...
Olha td que esses caras fizeram: rito do impeachment, negar ver o merito, tirar o Cunha, tentar tirar o Renan, fim da 3a instancia, "excepcionalidade da lava jato" (by Barroso), aborto>>

Q mais? teve mais coisa... to esquecendo...

Romulus: vai ter PEC tb

Romulus: teve outra emenda constitucional made in STF nao teve?

Romulus: ja nem lembro mais...

Ciro:

<<Com relação a institucionalidade, você tem de um lado o consórcio lava-jato e mídia que tem como objetivo declarado acabar com a atual institucionalidade e de outro lado vc tem uma esquerda que acabou de tomar um golpe que as instituições deveriam não deixar ocorrer, se estivessem funcionando. Agora, cara pálida, tentar zelar pelo mínimo de institucionalidade é literalmente tentar reformar um status quo que ninguém mais quer que continue. Os agentes partiram para a revolução, só que tem diferença entre qual revolução vai ser e qual o país que vai sair daí. A constituição de 1988 acabou, e a gente que sabe que pode piorar tem como obrigação tentar segurar alguma coisa...
Mas vamos combinar, o contrato social tá rasgado e estamos a beira de ser um failed state>>

Maria: Brilhante, seu Ciro! Mesmo!

Romulus:

<<Só um reparo: a esquerda - políticos ao menos - podem não falar, mas tb sabem q pode piorar e tão trabalhando por preservar o que sobrou da institucionalidade. Pq sabem que o golpe mídia-judiciário eh pra acabar de vez com eles e torna-los do tamanho do PSOL pra sempre>>

Ciro:

<<Boa parte da esquerda QUER a ruptura total institucional. Sonham que dá para ter uma institucionalidade melhor e não atentam para que dá para piorar e muito. Por isso existe essa convergência. Esquerda digo no discurso, pq vc bem sabe que “na prática a teoria é outra”. Mas os fatos não importam - o que importa são as narrativas. Resultado é Lava Jato + Esquerda querendo reformar o país.

<<Eu lembro de alguém que acreditava nisso também, uma Sra. muito honesta que dizia que não ia restar pedra sobre pedra... e realmente não vai restar...>>

Romulus: isso aí... essa tal Sra., Dilma, foi a primeira pedra a rolar, não foi?

Maria:

<<Tenho que falar de novo do "ser" da política e do "parecer ser", a dimensão intersubjetiva onde se interpretam as ações do poder e se adere a elas ou não? Vocês queriam o que? Vamos dizer "toda a verdade, nada mais que a verdade" que é uma abstração analítica (por mais correta que seja) que ninguém vai entender e virar as costas pra você? Não fazer isso é “hipocrisia”, “má fé”?>>

Ciro: Claro que não Maria, vc tem toda razão.

Maria: Sim senhor, o que importa não são os fatos, são as narrativas, o modo como as coisas são ditas e entendidas pelas pessoas.

Romulus: o problema eh quando se esta tao engajado em um "parecer ser" que, ao fim e ao baco, tem como raison d’être matar o tal "ser", erradica-lo.

Ciro: O problema é que a narrativa se dissocia do fato ao ponto de não se enxergar o fato. Aí você tem o que nos aconteceu, uma presidenta que acreditou tanto q colocou a corda no próprio pescoço.

Romulus: isso. isso que to dizendo ai.... jogou tudo no "parecer ser" a ponto de ele ter ganhado vida própria e tirado o "ser" (ela) do jogo.

Maria: Mas a gente não quer ética na política? Pois a tal senhora acreditou tanto que foi imolada em nome dessa ética e o pp Rom procurou virar a narrativa pra dizer que um dia ela vai ser reconhecida por isso (o que tb acredito)

Ciro: Temos que ver se dá para segurar alguma institucionalidade ou se o melhor é deixar a coisa ir para a casa do c***lho mesmo... passamos do "ponto de que não tem mais volta" institucional?

Ciro: Só não dá para fingir que isso não vai ter um custo muito alto tanto econômico quanto social. A revolução francesa foi muito bonita, mas eu não queria estar vivo na europa nessa época.

Romulus:

<<institucionalidade msm, de verdade, só com uma nova constituição e uma nova geração, que "não tenha visto o pecado". Tipo 40 anos no deserto. Pq na nossa geração, depois deste ano, ng acredita mais em instituição, constituição e o car...lho>>

<<Não existe cirurgia de reconstituição de hímen rompido em um estupro coletivo à Constituição. À luz do dia e à vista de todos. Ninguém vai esquecer o que viu e o que viveu. O problema eh o que fazer enquanto não passam os 40 anos de depuração errando no Deserto do Sinai...>>

Ciro:

<<E Moisés (Lula) não vai entrar na terra prometida, ok. Mas a gente tá querendo matar o Moisés ainda no deserto do sinai...>>

Romulus: isso ai... perfeito



4 comentários:

  1. Olá Romulus e núcleo duro! Parabéns pelos textos e confesso q no começo estava bem relutante em acreditar no esvaziamento da politica e fortalecimento do judiciário. Tenho conversado com as pessoas e existe uma rejeição geral aos politicos e uma elevação do judiciário. Incrivel! Ninguém consegue enxergar o poder q o judiciário tem nas mãos e os riscos que as 10 medidas QUE NÃO SÃo uma iniciativa popular representam contra os direitos fundamentais de cada um. Gente juiz não é super homem, é gente normal... Continuem, agradeço!

    ResponderExcluir
  2. Romulus: vocês tão matando a pau. Quer compreender o Golpe:Rui da Costa Pimenta, Romulus e o núcleo duro.
    Uma pena que o contra-intuitivo é uma barreira, talvez, intransponível. O pessoal naõ entende nem que a Lava Jato é parte do golpe, imagina defender o Renan?
    Muito obrigado.
    Um forte abraço,
    Cadinho.

    ResponderExcluir
  3. Este é um comentário sobre o último balanço político feito pelo Rui Pimenta (17/12), que foi postado no FB do Romulus e merece reflexão por conta do debate a ele subjacente, um dos eixos de divisão das esquerdas: Volta Dilma? Ou Eleições Já? Quem postou já havia antes divulgado um texto defendendo a anulação do impeachment pelo STF. Eis meu comentário.

    Já antes disse a você o quanto me surpreendeu a clareza de percepção política geral do presidente do PCO. Mas você sabe que o diabo mora nos detalhes, não? rsrs. Esta última exposição dele me deu a resposta a uma questão que te coloquei antes sobre a anulação do impeachment. Ganhamos, a Dilma volta (mesmo não querendo...) e daí? O que vem depois? O que fazer com os golpistas que, no Congresso, no Judiciário e na mídia, continuam a ditar a pauta política do Executivo?

    A resposta está numa avaliação estratégica correta de correlação das forças em confronto, mas imprecisa ou mesmo inconsequente quanto aos aspectos táticos que daí decorrem. Certo que a luta operária está numa posição defensiva e não ofensiva. Mas daí segue-se que seja um "erro" o "fatiamento" da luta contra as medidas concretas do governo (PEC55, Previdência, CLT), porque as mobilizações são pequenas e acabam derrotadas? Então o "correto" seria concentrar-se na denúncia do golpe (anulação do impeachment) "até que" a classe operária pudesse passar a uma posição ofensiva na luta?

    Eu pergunto: como? Esperando a catástrofe das medidas do governo se abater sobre a sociedade inteira? E até lá haveria uma denúncia dessas medidas provavelmente mais retórica que no plano da ação, enquanto trabalho de base, campanhas, distribuição de panfletos etc. construiria a reorganização do movimento operário? É uma estratégia que aponta para um trabalho obviamente necessário, e que no fundo acho até que corresponde ao que irá acontecer. Mas até lá discussão de eleições diretas, luta parlamentar, opções para 2018 etc. seria puro "diversionismo"? De onde viria a abertura para o debate político geral - golpe, desastre econômico, medidas anti-trabalhadores etc. - se o monopólio da mídia constrói em uníssono a narrativa do golpe?

    Bastaria "denunciar" a Lava Jato e seu falso moralismo da luta contra a corrupção, quando a mídia a transformou em palavra de ordem geral da sociedade (e com razão – a manipulação está em associá-la à Lava Jato)? Como levar adiante a defesa do Lula se, a cada ofensiva de seus advogados, a mídia a transforma em "prova" do seu caráter mentiroso e corrupto, chefe geral da quadrilha, como quer o Dallagnol, enquanto se multiplicam novas e infundadas denúncias, para permitir à mídia continuar a cultivar o ódio anti-Lula e anti-PT ? Pelo menos o caos geral da política que a mídia vem sendo obrigada a publicar a cada dia - graças à luta "fatiada" contra PEC 55, Previdência etc. - contesta essa narrativa única que constrói o grosso da "opinião publica(da)!. E esse elemento crucial do papel desestabilizador da mídia, como um dos principais instrumentos do golpe, não entrou em nenhum momento na análise estratégica do Rui Pimenta nem das suas consequências para a luta cotidiana, tática, contra o golpe.

    ResponderExcluir
  4. Volta Dilma? Ou Eleições já? (cont.)

    A segunda parte do problema, a meu ver, está na limitação da "análise de classe" (o diabo não mora nos detalhes?) que sustenta todo o discurso do PCO. Falar em burguesia e pequena burguesia, burguesia nacional e imperialismo, a essa altura do campeonato, não quer dizer nada, se você não levar em conta os interesses em jogo na dinâmica de um capitalismo globalizado sob a égide do capital financeiro. A luta anticapitalista em todo o mundo hoje é contra o rentismo - internacional e nacional - e seu domínio sobre o capital industrial produtivo, somado à frágil defesa que possa lhe oferecer um Estado nacional voltado para a garantia do emprego, do investimento, da defesa dos direitos dos trabalhadores e da inclusão social. Isso é o que Ciro, economista que é, tem demonstrado brilhantemente aqui no blog.

    O outro lado do mesmo problema é a questão institucional e o propósito do golpe de destruir as instituições de representação da soberania popular, com a criminalização geral da política. Isso o Rui Pimenta afirma com clareza, mas em nenhum momento mostra a polarização da luta no confronto entre Congresso, Executivo e poder Judiciário - Lava Jato, MP, PGR, STF - que tenta manietá-los de toda forma possível. E isto até que, uma vez destituídos ”todos os políticos corruptos” pela “Justiça”, o voto popular possa ser substituído pelo "mérito" dos jovens concurseiros salvacionistas que, com a cumplicidade das instâncias superiores do Judiciário, hoje buscam se apropriar da totalidade do Estado, mesmo sendo parte dele. Isso é o que Romulus, especialista em direito econômico internacional e os demais advogados que frequentam o blog, junto com os mais renomados juristas do país, não se cansam de explicitar aqui.

    É dessas questões que a "análise de classe", por mais correta que esteja em seu fundamento estratégico, não consegue dar conta. E isto é crucial para se avaliar custos e benefícios das 2 opções mais claras que hoje as esquerdas têm a sua frente: volta Dilma? Ou eleições já? Por fim, um "breve resumo" da situação política atual que precisa de 3 horas e meia de fala monocrática pra se explicar não é tão "breve" nem tão resumido assim, não é? rsrs. De todo modo, obrigada por compartilhar esse outro ponto de vista sobre o golpe. Sempre ajuda a reflexão.

    ResponderExcluir

Receba novos posts por email!