Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Atualizado em 7/12: O <<juízo final>> no STF hoje Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não......

Receba novos posts por email!

14.2.17

Cassino Brasil: acordão sobre delações da Odebrecht redistribui cartas na nova rodada do “golpe no golpe”


Cassino Brasil: acordão sobre delações da Odebrecht redistribui cartas na nova rodada do “golpe no golpe”


Por Romulus & Núcleo Duro


- Quem vai elevar a aposta? Quem vai pagar pra ver? O que, finalmente, decidirá a fortuna?

- Quem souber que faça a sua fezinha!

*

Diante do pronunciamento de Temer ontem, nosso foco em estratégia e tática se saiu com (mais) uma teoria (?) da conspiração:


- Nada mais do que uma redistribuição de cartas para uma nova rodada do jogo do "golpe no golpe"... no nosso Grande Cassino Brasil.


O jogo:



https://lh3.googleusercontent.com/vzUfLej61fYwPJYWH_f83OjA30VvFYIV4JCHnN4yvcHIp-KhUfGSqdfL555G12AoJ5UC64o4KCo3N1d6cjjurGEypE3roLs0V6xXJ5qFblY0XZrLcgfBX3k8nEdLY6kCg_g8gx9CtROE9koQ




Lembram das cartas apócrifas disseminadas neste fim de semana pelas redes sociais, visando a intimidar Temer?


*"CARTA ABERTA DO POVO BRASILEIRO AO PRESIDENTE MICHEL TEMER"*
(Autor Desconhecido)
Senhor Michel Temer,
O povo do Brasil foi às ruas exigir o impeachment da agora Ex-Presidente Dilma Vana Rousseff, o que acabou ocorrendo em definitivo em meados do ano de 2016, quando Vossa Excelência, na qualidade de Vice-Presidente eleito, assumiu o mais relevante cargo público da pátria brasileira.
É importante salientar que Vossa Excelência não foi alçado da Vice-Presidência à Presidência pela vontade da maioria dos brasileiros que foram às ruas, mas pelo simples fato de ter sido eleito como Vice-Presidente na chapa da Ex-Presidente Rousseff, e, em tal condição, apto a assumir a cadeira presidencial, apesar da eleição só ter ocorrido em razão da divulgação de propostas inexequíveis e pela maquiagem de dados relativos ao primeiro mandato da presidente cassada Dilma Rousseff.
Já era de se esperar, portanto, que Vossa Excelência, ao assumir o comando do Palácio do Planalto, não fizesse drásticas modificações na condução do Brasil, já que foi eleito pela mesma chapa e, portanto, com as mesmas falsas promessas da ex-mandatária Dilma Rousseff.
Ainda assim, V.Excia., em primeiro lugar como brasileiro; em segundo, como agente público que é, e em terceiro lugar, como reconhecido jurista constitucionalista que é, esperávamos que seu governo fosse pautado pela ética e pelo respeito às leis e à moral, ainda que preservasse grande parte da incompetência e da inabilidade que foram marcas registradas do desastroso governo Dilma.
Não é, todavia, o que os brasileiros estão vendo ocorrer. O que se tem visto, muito pelo contrário, é que Vossa Excelência tem governado da mesma forma que seus dois antecessores (a impedida Dilma Rousseff e o réu Luiz Inácio Lula da Silva).
Para ilustrar, mencionaremos a seguir alguns exemplos que nos saltam aos olhos e que demonstram a forma torta como vem conduzindo a pátria.
Vossa Excelência resolveu conferir status de Ministro a Moreira Franco, delatado por comparsas por irregularidades e ilicitudes, concedendo a ele um dos mais horrendos privilégios da nefasta classe política brasileira – o “foro privilegiado” - colocando-o fora do alcance das canetas dos juízes criminais que vêm limpando o Brasil nos últimos anos. Nada diferente do que fez Dilma Rousseff, ao proteger Lula do juiz Sérgio Moro ao conferir-lhe o título de Ministro da Casa Civil.
Conferir proteção a acusados de corrupção não é o que exatamente espera-se de um Presidente que tem nas mãos um país que se encontra em verdadeiro caos econômico, político e social. Essa forma de agir difere completamente do slogan “ordem e progresso”.
Vossa Excelência decidiu nomear o até então Ministro da Justiça, Alexandre Moraes, para ocupar o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal, mesmo sabendo que o mesmo foi advogado do Ex-Deputado e agora presidiário Eduardo Cunha, envolvido até o pescoço na Operação Lava Jato, e conhecedor da filiação do mesmo ao PSDB. Nada diferente tal atitude do que fez Lula ao nomear Dias Toffoli (que foi advogado do PT) para o cargo de Ministro do STF, contribuindo para a partidarização e afetação do mais relevante tribunal brasileiro.
Nomeação ao STF de membros de partidos políticos e de ex-advogados de acusados em sistemas de corrupção não é exatamente o que se espera de um Presidente da República que tenha a boa moral como principal virtude, especialmente se considerarmos que o indicado ao STF terá o importante papel de revisor nos processos da Operação Lava Jato, tão cara aos cidadãos brasileiros.
Vossa Excelência e seu partido, o PMDB, adotam o fisiologismo e a negociata como práticas permanentes de governo. A aparente oposição instalada no Brasil após a Constituição de 1988 (PT x PSDB) é, nas mãos do PMDB, apenas um instrumento de alternância do principal grupo saqueador de dinheiro público. Tanto é assim que o PMDB, desde 1988, vem governando o Brasil, ora como ator principal, ora como vice-artífice do mal que os políticos brasileiros vêm causando a toda nação.
A intenção de indicar o Senador Renan Calheiros, envolvido em dezenas de denúncias de corrupção, para o cargo do Ministro da Justiça, durante o feriado de carnaval, época em que o brasileiro sabidamente encontra-se em recesso (e tentando evitar protestos), sem dúvida, seria a última gota que faltaria para o fim de seu governo, pois o carnaval, assim como o seu governo, chegariam logo ao seu final e, neste último caso, de forma melancólica.
Vossa Excelência deve receber esta carta como um derradeiro aviso. Da mesma forma que Dilma Rousseff foi impedida, Vossa Excelência poderá sofrer as severas penas de um processo de impedimento, com vários exponenciais agravantes, a seguir listados:
a) Vossa Excelência e seu partido fisiologista, o PMDB, não dispõem de qualquer militância representativa, seja ela partidária, seja ela de movimentos sociais e, ainda que resolvessem remunerar supostos militantes com “pão e mortadela”, seu partido não disporiam sequer de experiência para tal organização, o que levaria seu governo ao chão em poucas semanas;
b) a população brasileira está extrema e exaustivamente aborrecida com o caos no qual seu governo e o governo anterior, do qual Vossa Excelência foi sócio, colocaram o país, de forma que protestos contra o seu governo poderão ser desencadeados com o mais leve estalar de dedos, tal como ocorreu em 2013, supostamente por aumentos dos preços de passagens de ônibus, pois certamente a população brasileira dirá: “não é pelos vinte centavos”;
c) Vossa Excelência e seu governo não poderão fazer uso da brutal divisão entre brasileiros (“nós e eles”) orquestrada pelo Ex-Presidente Lula, de forma que as partes “nós e eles” estarão cada vez mais unidas contra seu governo caso as mais básicas reivindicações do povo brasileiro não sejam atendidas.
Por todo o exposto, seguem três primeiras básicas reivindicações que devem ser atendidas de imediato, sob pena de, diante de eventual não atendimento, serem reiniciadas as manifestações populares que em 2013 fizeram o governo petista tremer:
a) Encaminhamento ao Poder Legislativo de projeto de EXTINÇÃO do foro privilegiado;
b) Revogação da nomeação de Moreira Franco;
c) Nomeação de jurista de reputação ilibada e de alto conhecimento técnico, sem qualquer vinculação política ou partidária, para ocupação do cargo de Ministro da Justiça. Não aceitaremos juristas inimigos da Lava Jato, como o Dr. Antonio Mariz de Oliveira, que inclusive já assinou manifesto contra a operação Lava Jato.
Por fim, advertimos Vossa Excelência que o não atendimento a estas reivindicações até o dia 31 de março de 2017 iniciará o maior ciclo de manifestações “espontâneas” da história do Brasil, com a paralisação de ruas, avenidas, rodovias, instituições privadas e públicas, escolas, comprometendo a distribuição de combustíveis e materiais básicos.
Como forma de comprovar nossa alta capacidade de articulação e penetração em toda a população brasileira, esta carta circulará frenética e constantemente nos grupos de mensagens e redes sociais, como Whatsapp, Telegram, Facebook e Twitter nos próximos dias, o que poderá ser detectado pelos sistemas de inteligência que estão à disposição do Governo Federal.
Não recomendamos “procurar” “representantes” para negociação, pois no atual momento o “povo brasileiro” não reconhece qualquer pessoa, grupo ou movimento como seu legítimo representante. Tampouco os que recentemente tiraram fotos com Vossa Excelência.
Presidente Michel Temer: não “compre briga” com o povo brasileiro, pois todo o poder emana do povo, e por meio dele será exercido.
Sem mais,
Povo Brasileiro"


Disse então que supunha terem se originado da ~parcela~ da "Casta jurídica" (PF + parte do MPF + grupos de apoio, como MBL) que está fora das tratativas para um acordão ("fora" mas querendo entrar?):


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2013.43.10.png


Então...


Voltando ao pronunciamento de Temer de ontem:

../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2013.27.52.png


Vídeo:




../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2010.56.56.png


Como decidido no "Mensalão do PSDB" - santa jurisprudência, Batman! - perdendo-se o cargo que dá prerrogativa de foro, o processo desce pra primeira instância.


Para quem?

- Moro e Força Tarefa, ora!


Lá, com mais 300 mil outros réus, é fácil fazer um ex-Ministro qualquer sumir... uma gotinha num oceano, não? No mínimo, com passo de tartaruga - tipo como foi feito com a Sra. Eduardo Cunha, Claudia Cruz...


Resultado:


- Temer tenta ficar como o (novo) Presidente "faxineiro ético" (!);


- Moro / Força Tarefa / Globo aumentam a sua alavancagem (com mais vítimas potenciais de "conduções coercitivas" / "delações torturadas" lá em Curitiba... ou seja, novas cartas na manga para futuras barganhas);


- Depois de atrasar o quanto quiserem, PGR / STF se livram do abacaxi de ter que fazer algo com graúdos - tudo o que nunca quiseram!


Indícios:


O cronograma estabelecido por Temer - "afastamento" com "denúncia" - continua com foro! - pela PGR; e "exoneração" com aceitação da "denúncia" - perde o foro! - pelo STF.


Isso concede janelas de tempo ~individuais~ para fazer a sintonia fina, caso a caso, nesse pré-acordão amplo, geral e irrestrito acertado entre PGR, STF, Temer, Ministro envolvido, Moro, Força Tarefa MPF e Globo.


<<Acordão expresso, com partitura e maestro, ou tácito, com os músicos “tocando de ouvido”, para entrar em... harmonia!>>


*


Bate-bola:


Romulus – O que vocês acham?


Nádia - Olha o que dizem os novos-ricos cheirosos de São Paulo:
../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2013.57.36.png


Romulus - A fofa só esqueceu que Janot quer a recondução ao cargo de PGR. Além, é claro, de ter sido um dos generais do golpe (em Dilma) – e do “golpe no golpe” (na classe política)!




Tania - Janot deu os passos naquele encontro com o “Caju” da Lista da Odebrecht, o Sen. Romero “estancar a sangria” Jucá. Estão dançando a valsa, no mesmo ritmo pausado e cauteloso da fala de Temer ontem.


Maria - Parece profundamente deprimente, mas com certeza possível. Seria o ideal, se tivessem inteligência. Ah! sim, inteligência do mal, pra preservar o mal, isso eles têm.


Faltam algumas coisas que não consigo enquadrar. O debate sobre as cartas apócrifas rolando nas redes sociais, diz você que deve ter vindo do MP e PF, que se sentiriam fora do acordão. A barganha seria preservar a LJ, desde que perdessem os graúdos no meio da infinidade de outros processos? Só esse poder de chantagem bastaria? O messianismo do Dallagnol e a vaidade do Moro se conformariam com esse papel, afinal não mais como os condutores incontestes da política, sob os holofotes constantes, e em benefício logo do Temer? Ou foi uma faca no pescoço, é isso ou nada?


Outra coisa é o papel das FFAA, agora com poder amplo, geral e irrestrito na garantia da segurança pública (?!!). Inclusive pra desarmar toda a mobilização de fim de mundo das cartas suspeitas? Isto é, pau no povo se botarem o pé na rua?


Os intervencionistas achariam que já está de bom tamanho esse papel de garantia armada do golpe? Os coxinhas desiludidos ficariam contentinhos, voltando a se iludir com a nova versão, golpe 2.0, agora “legítimo” porque “ético”?


E a oposição, nós? Espernearia, é claro, mas sem poder de influência real na condução do processo? Mesmo com votação de reforma da previdência, já que qualquer manifestação encontraria o Exército pela frente, se é que não prisões preventivas, decretadas pelo novo (quem) Ministro da Justiça ~E ~ Segurança Pública?


A tortura do Lula continuaria, business as usual, pra ver se alguma hora daria pra prender? Talvez nem fosse necessário, só a ameaça já serve ao desgaste, que precisa ser permanente até 2018. Aí, nas vésperas da campanha, sim, prender para tornar inelegível.


O problema é que nem sempre a história se conforma em seguir esquemas estratégicos, por mais bem formulados que sejam. Então é esperar pra ver o que acontece com as vítimas reais de todas as medidas indecentes do Temerário contra os trabalhadores, previdência, terceirização, desemprego, alunos putos com a reforma do ensino e o abandono em que se encontram as escolas, instituições culturais desmontadas, cultura de rua cerceada, artistas sem salário ou desempregados e putos etc. etc.


Last but not least, a recessão. Pode ser que o mercado se acomode com essa "estabilização" que conteria a crise política e a insegurança jurídica insuportáveis do momento. Mas isso significa que viriam investir em massa, apontando pro fim da recessão? Os rentistas não precisariam continuar a contar com juros estratosféricos para apoiar essa versão 2.0? Isso não agrava o desequilíbrio da economia, inadimplência, falências, mais desemprego? Enfim, isso é coisa pro Ciro e o Piero discutirem, não pra mim. Como eu disse, deprimente e assustador o cenário, mas não impossível.


Tania - Com essa instabilidade política toda, agora que está bem claro quem é quem e o que pode acontecer de uma hora pra outra (ou não), os investidores vão ficar com o pé atrás ainda um bom tempo.


A LJ precisa de mais um tempo pra fechar o negócio (os negócios!) para quem encomendou.


Povo nas ruas, além de dar sobrevida à operação, re-arregimenta a classe média de verde e amarelo, e serve de termômetro para se saber se "pode haver" ou não eleições no próximo ano.


Romulus - Essa é a questão, Maria: nenhuma das suas perguntas são respondidas com esses movimentos das facções do consórcio do golpe (e do “golpe no golpe”) nesta nova rodada.


Ou seja: grosso modo, eles apenas concordam em ~adiar~ a disputa, diante da "bomba" Odebrecht, prestes a explodir.


Note: quando falei das cartas apócrifas, eu falei "Carlos Fernando"... não Dallagnol! Esse último é idiota o suficiente pra acreditar no que fala mesmo...


Você diz: "O messianismo do Dallagnol e a vaidade do Moro se conformariam com esse papel, afinal não mais como os condutores incontestes da política, sob os holofotes constantes, e em benefício logo do Temer?"


E por que deixariam de ser? Além de tudo o que já têm em mãos - inclusive Cunha e Senhora - ainda ganham potencialmente mais peixes grandes (Moreira Franco, Padilha...)


Note ainda: sobre as cartas eu falei que deve vir da ~parte~ da PF e do MPF de fora do acordão.









<<MORO - zelosamente tentando preservar Temer de Cunha... tratando FHC com toda a reverência; e o Proc. Carlos Fernando - "caixa 2 (agora) não é (mais!) propina" - claramente estão em sintonia com o acordão>>


Como disse acima: "eles concordam em ~adiar~ a disputa, diante da "bomba" Odebrecht".


Todos concordam em colocar as barbas de molho porque não sabem o que vai acontecer... não sabem o tamanho da reação popular:


- às delações;


- ao caos nos serviços públicos / salários - começando pela Segurança Pública;


- à recessão / desemprego;


- à repressão das FFAAs;


- ao fortalecimento de Lula (a tal da "saudade" de que todo mundo está falando agora);


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.16.38.png


- ...; e

- “o imponderável” (Exemplos recentes: Eduardo Campos, Teori Zavascki, Dona Marisa)


Tania - Lula continua sendo o X da questão.


Romulus - Veja que se só o que tem no pacotão Odebrecht contra Lula for o tal do "terreno do instituto" (?!), ele passa incólume!


Lembra do tal do "timing em 30 ou 60 dias" (!) para prender Lula que pode "ressurgir" (!!), segundo o delegado da PF na Lava Jato?


Pois então...


Todo mundo ganha um tempo para respirar...


E, enquanto isso, tem um Eike, um Cabral, um Cunha, um... para torturar e tentar arranjar o tal do "timing" do delegado.

¬¬


Tania - E não podem deixar para muito perto das eleições, porque o apoio a Lula irá crescer, e uma prisão dele nesse momento vira todo o caldo.


Piero - Meu palpite, em ordem de intensidade, vai na seguinte direção, em ordem decrescente: 1. a sangria estancou - Temer costurou o "grande acordo", e para isso ele soube que Lula tá com a corda no pescoço; 2. no "timing" do foro privilegiado, como bem lembrou Romulus, os 4 ou 5 do núcleo duro terão até depois do governo pra se virar. Resta saber quem eles entregaram aos leões. Sarney? Note-se que Lula continua na fogueira. 3. Temer jogou todo mundo pra fogueira, pra salvar a pele.


Valdir - para descontrair:


../../Downloads/16712034_1609996835683467_6370116373001098154_n.jpg




*


Outras leituras convergindo (em parte):


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.28.21.png


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.25.54.png


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.26.57.png../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.27.32.png


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.27.53.png


*


E hoje:




*


Os peões


Antecipam-se... para que a manada não passe por cima dos (pretensos) condutores:


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2010.52.46.png


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.28.41.png


Como disse: "antecipam-se para que a manada não passe por cima".

*


Cunha gostou...

... e quer voltar ao picadeiro do “Grande Circo Lava a Jato”:


../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.29.08.png


*

No Grande Cassino...

- Quem vai elevar a aposta?

- Quem vai pagar pra ver?

- O que, finalmente, decidirá a fortuna?

- Quem souber que faça a sua fezinha!


../../Desktop/FotorCreated.jpg


*

Leia mais em:
https://lh3.googleusercontent.com/vzUfLej61fYwPJYWH_f83OjA30VvFYIV4JCHnN4yvcHIp-KhUfGSqdfL555G12AoJ5UC64o4KCo3N1d6cjjurGEypE3roLs0V6xXJ5qFblY0XZrLcgfBX3k8nEdLY6kCg_g8gx9CtROE9koQ





../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.39.37.png





../../Desktop/Screen%20Shot%202017-02-14%20at%2014.39.56.png




*   *   *


https://lh3.googleusercontent.com/J5GR6RTZJ7pt1pkG0gIEZkqS9Zh-YP0epXqEy8zXOX1yTFAFV4RPbrk0-t08q7O9Qw7eoSaGDjC0sLzVIAhmSRv7WRvhjB6GyUxfdW0l5YjXCQhlSDhyzGjtlRx7IQtH3DlI7us

*

(ii) No Facebook:

https://lh6.googleusercontent.com/7qDhkW7kt2VUdiKDI7Fb_MN6iBzhKh3WZ6JCcpDBiYwZlfGfQirNKx1CBirbVf02S02piZuC2TquQXACfNszK5U8iHFvOAKYKh73ZzA4RA9tV3smMzTDDaGZETShHSC5D6NNJuc

*

(iii) No Twitter:

https://lh5.googleusercontent.com/qdEvmS27_bnYauukZLgaQDwCoxsttlV9VlEkqxpaB4I2K3FR7wn2l3ftcP5HcuT_8FJL2eyAhfYt7gKttSTt-v-ZyjVpxrnGRwpmzcQmWwPZqlQ2UZdD67AiWb_605U9S6S69fE

*

(iv) E também no GGN, onde os posts são republicados:

https://lh5.googleusercontent.com/YHvaoddoegv9hVMP9ntNrtER6BwiamTqYUvBA6fRMAkOwiSD0kq-3SrfOIIEVWRzPfs-H8FJ6NWFqesjopT4-XaxupwOQcB-vlaYQqsyP6_0B7zQ8JIC3FsvWTsCj15DXoNj3Uc

*

Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como "uma esquerdista que sabe fazer conta". Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba novos posts por email!