Destaque:

Estado brasileiro na encruzilhada. Já sabemos o que a Globo quer... e você?

Queria poder dizer que criei esta montagem, mas não... recebi de um seguidor no Facebook, como comentário a um artigo anterior. rs ...

Receba novos posts por email!

22.10.18

Acabou: Rosa Weber diplomou Bolsonaro ontem, que seguiu para festa na Paulista

Acabou: Rosa Weber diplomou Bolsonaro ontem, que seguiu para festa na Paulista

O último domingo será considerado o ritual de passagem para o Regime Bolsonaro. A coletiva de imprensa das supostas “instituições”, acocoradas, com representantes do TSE, OEA, Polícia Federal, MPF, e Governo Federal – por de Raul Jungmann e do General Ecthegoyen – representou a diplomação de fato do ex-Capitão.

Nela ficou clara a tentativa de imposição de uma realidade paralela chancelada pelo “é o que afirmamos, cale a boca e ponto final”. Linha argumentativa explícita na fala firme do General Ecthegoyen de que “dia 29 teremos um presidente de todos” legítimo e isso é incontestável, “ponto final”.

Em síntese, a “coletiva sobre fake news” do TSE ontem foi, ela sim, a grande fake news! A tônica, geral, das falas foi o reenfoque do tema “fake news”. Ocultou-se o sofisticado e caro esquema empregado, clandestina e ilegalmente, em favor de Bolsonaro. E sua consequência jurídico-políticas óbvia: nulidade da “eleição” (sic).

Na verdade, o tema só surge num segundo momento, somente no questionamento dos jornalistas presentes (!), depois da fala dos representantes das (supostas) “instituições”. O reenfoque visou a consolidar a narrativa de que “fake news” nestas eleições, se há, é apenas o questionamento – legítimo – à segurança do sistema de votação inauditável do Brasil (!)

É na repetição – massificada – de que “a urna eletrônica é segura” que estarão todos os esforços do TSE nesta semana no quesito “fake news”.

E só.

Poucas horas depois de sua diplomação de fato pelo TSE acocorado, Bolsonaro pronunciou-se, do quintal de sua casa e por meio de transmissão ao vivo, projetada em telão para dezenas de milhares de seus adoradores-eleitores que faziam manifestação em sua defesa na Av. Paulista.

Assim como a coletiva de imprensa das “instituições” acocoradas representa a cerimônia de diplomação, de fato, de Bolsonaro, o discurso do mesmo transmitido a todo Brasil, por meio internet, representa, simbolicamente, seu pronunciamento de posse.

– Bem-vindos ao Regime Bolsonaro, sucedâneo do Regime Temer/ Lava Jato no grande esquema do Golpe!

– Viva as instituições, que seguem funcionando normalmente!

👇

https://duploexpresso.com/?p=100161

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba novos posts por email!